Blog Católico, para os Católicos

"Uma vez que, como todos os fiéis, são encarregados por Deus do apostolado em virtude do Batismo e da Confirmação, os leigos têm a OBRIGAÇÃO e o DIREITO, individualmente ou agrupados em associações, de trabalhar para que a mensagem divina da salvação seja conhecida e recebida por todos os homens e por toda a terra; esta obrigação é ainda mais presente se levarmos em conta que é somente através deles que os homens podem ouvir o Evangelho e conhecer a Cristo. Nas comunidades eclesiais, a ação deles é tão necessária que, sem ela, o apostolado dos pastores não pode, o mais das vezes, obter seu pleno efeito" (S.S. o Papa Pio XII, Discurso de 20 de fevereiro de 1946: citado por João Paulo II, CL 9; cfr. Catecismo da Igreja Católica, n. 900).

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Considerações sobre o Namoro

 
 Condições do Namoro Lícito e de Deus
e as Características do Namoro Ilícito e do Demônio

Condições do Namoro bom e de Deus
 
1) Primeira condição do namoro de Deus, deve ser por intermédio e com pleno consenti­mento dos pais ou tutores, porque eles são os primeiros que desejam a felicidade de seus filhos.

2) O namoro é de Deus quando os namorados evitem toda familiaridade, liberdade ou in­timidade, respeitando-se como estranhos, querendo-se como irmãos e tratando-se com muito cui­dado e pouca confiança. Damos um exemplo: os bons namorados devem tratar-se como duas pessoas prontas a realizar um negócio de suma importância, dependendo dele ganhar grande for­tuna ou perdê-la totalmente...

3) O namoro é bom quando começa na idade adequada e conveniente. Estudando o caso praticamente e considerando o desenvolvimento da vida moderna, achamos que o rapaz deve entrar nos trâmites do casamento na idade de 25 anos, aproximadamente, e a moça na ida­de de 20, podendo alterar-se um ano mais ou menos, em caso de certa conveniência, aconse­lhando, ser mais e não menos.

Um dos motivos da determinação da idade é porque a mocidade de hoje em geral, deseja estudar e seguir carreira, sendo difícil ocupar-se nos assuntos do futuro antes de terminar o pre­sente. Existem outros motivos mas não é necessário pormenorizá-los nesta ligeira publicação. A experiência nos ensina que a maioria dos que namoram muito cedo, fracassam, num ou noutro caso; ou não acabam os estudos, ou acabam o pretendido casamento.

4) O namoro é excelente quando seu tempo será o mais breve possível porque a demora expõe os jovens a inumeráveis perigos. Ao nosso parecer, o namoro, não deve exceder de 3 me­ses, seguindo-se 3 meses de noivado e depois vem a preparação para o casamento, e todo esse tempo não deve passar de um ano.

5) O namoro é de Deus quando os pretendentes considerem, na sua escolha, em primei­ro lugar, as virtudes da alma, piedade do coração, a religiosidade e o temor de Deus, grandes fa­tores para a felicidade dos lares, porque uma pessoa que não ama a Deus e não respeita os Seus Mandamentos não poderá amar verdadeiramente uma criatura que o acompanhe nem respeitá-la continuamente.

6) O namoro será de Deus, quando os jovens seguem um ideal elevado, considerando que ambos vão seguir uma vocação divina para formarem um lar, para participarem mutuamente de, todos os acontecimentos da vida, e para viverem unidos toda a vida numa só alma e num só coração.

Características do Namoro diabólico

As características do namoro diabólico moderno são os seguintes:

1) Começa escondidamente dos pais.

2) Realiza-se sempre nos portões, nas praças, nas ruas e com preferência nos lugares afastados e escuros.

3) Executa-se de uma maneira bem artística nos cinemas e automóveis, desta maneira os namoros serão sempre em companhia do Demônio.

4) Para esta espécie de namoro não existe freio para as paixões.

5) Liberdade e mais liberdade, intimidades e mais intimidades, até ofender a moralidade e o pudor.

6) O namoro do Demônio não tem idade nem tempo. Pode começar desde 10 anos para não acabar nunca.

7) Os namoradores possuídos deste espírito não consideram ideal sobrenatural no Matri­mônio, nem virtude, nem religião, nem respeitam moral nem dignidade.

8) Os seguidores deste namoro, só se deixam levar pelos instintos, pelas paixões e pelos prazeres ilícitos.

Assim é a maioria dos namoros da sociedade moderna.



Fonte: Acessar o Ensaio "Considerações sobre o Namor" no link "Meus Documentos (Lista de Livros)".

Redes Sociais

Continue Acessando

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...