Blog Católico, para os Católicos

"Uma vez que, como todos os fiéis, são encarregados por Deus do apostolado em virtude do Batismo e da Confirmação, os leigos têm a OBRIGAÇÃO e o DIREITO, individualmente ou agrupados em associações, de trabalhar para que a mensagem divina da salvação seja conhecida e recebida por todos os homens e por toda a terra; esta obrigação é ainda mais presente se levarmos em conta que é somente através deles que os homens podem ouvir o Evangelho e conhecer a Cristo. Nas comunidades eclesiais, a ação deles é tão necessária que, sem ela, o apostolado dos pastores não pode, o mais das vezes, obter seu pleno efeito" (S.S. o Papa Pio XII, Discurso de 20 de fevereiro de 1946: citado por João Paulo II, CL 9; cfr. Catecismo da Igreja Católica, n. 900).

sábado, 26 de maio de 2012

VOCÊ SABIA??? Sobre o Álcool



O álcool inibe a absorção de vitaminas do complexo B em nosso corpo que são essenciais para o metabolismo das proteínas e carboidratos. Inibe também a absorção de zinco e magnésio minerais importantes na síntese de varias substâncias no corpo, inclusive a parte de cicatrização que ajuda na recuperação muscular. Sem vitaminas do complexo B não há crescimento muscular.


O álcool é diurético. Boa parte do xixi que sai e que você pensa ser cerveja, na verdade é a água. O corpo é constituído 90% por água, inclusive dentro das células musculares. A água que bebemos é fundamental no processo de anabolismo gerado pela síntese proteica. Ela que conduz nossos nutrientes até os músculos e bebendo álcool você desperdiça.


O álcool e calórico. Isso quer dizer que ele libera muita insulina, diminuindo sua glicemia. Por isso que é recomendável que o indivíduo em coma alcoólico tome glicose, na tentativa de reverter o corpo que se encontra em hipo.


Quando isso ocorre, o corpo se vê obrigado a usar outras fontes de energia e fica inevitável não queimar o estoque proteico para isso. A proteína gera pouca energia e para o corpo reverter este quadro usa MUITA proteína. Consequentemente causa um intenso catabolismo (perda de massa magra), pois nossos músculos são os responsáveis pela reserva de proteína do corpo.


O álcool é absorvido principalmente no intestino delgado, e em menores quantidades no estômago e no cólon. A concentração do álcool que chega ao sangue depende de fatores como: quantidade de álcool consumida em um determinado tempo, massa corporal, e metabolismo de quem bebe, quantidade de comida no estômago. Quando o álcool já está no sangue, não há comida ou bebida que interfira em seus efeitos. Os efeitos do álcool dependem de fatores como: a quantidade de álcool ingerido em determinado período, uso anterior de álcool e a concentração de álcool no sangue. O uso do álcool causa desde uma sensação de calor até o coma e a morte dependendo da concentração que o álcool atinge no sangue. Os sintomas que se observam são:

- Doses até 99mg/dl: sensação de calor/rubor facial, prejuízo de julgamento, diminuição da inibição, coordenação reduzida e euforia;

- Doses entre 100 e 199mg/dl: aumento do prejuízo do julgamento, humor instável, diminuição da atenção, diminuição dos reflexos e incoordenação motora;

- Doses entre 200 e 299mg/dl: fala arrastada, visão dupla, prejuízo de memória e da capacidade de concentração, diminuição de resposta a estímulos, vômitos;

- Doses entre 300 e 399mg/dl: anestesia, lapsos de memória, sonolência;

- Doses maiores de 400mg/dl: insuficiência respiratória, coma, morte.

Um curto período (8 a 12 horas) após a ingestão de grande quantidade de álcool pode ocorrer a "ressaca", que caracteriza-se por: dor de cabeça, náusea, tremores e vômitos. Isso ocorre tanto devido ao efeito direto do álcool ou outros componentes da bebida. Ou pode ser resultado de uma reação de adaptação do organismo aos efeitos do álcool.

A combinação do álcool com outras drogas (cocaína, tranquilizantes, barbituratos, anti-histamínicos) pode levar ao aumento do efeito, e até mesmo à morte.

O efeitos do uso prolongado do álcool são diversos. Dentre os problemas causados diretamente pelo álcool pode-se destacar doenças do fígado, coração e do sistema digestivo. Secundariamente ao uso crônico abusivo do álcool, observa-se: perda de apetite, deficiências vitamínicas, impotência sexual ou irregularidades do ciclo menstrual.

Infelizmente as cervejaria que são "donas" das mídias de Rádio e principalmente da TV, insistem em achar que estão ajudando quando informam ao final do comercial: "Se beber não dirija", ou "Beba com moderação". Deveriam vir com o Kit: Avise minha família, bati o carro ou capotei, matei um monte ou deixei alguns com sequelas... Isso eles não fazem.

O mais triste quando se fala nas mulheres é que, antigamente elas queriam cozinhar como suas mães, hoje, querem beber como seu pais...


Vem ai: Semana Nacional Anti Drogas (o Álcool faz parte delas).


Pastoral da Sobriedade Fortaleza.

Twitter: @sobriedadeflz



"Sobriedade e Paz, só por Hoje, graças a Deus".

Redes Sociais

Continue Acessando

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...