Blog Católico, para os Católicos

BLOG CATÓLICO, PARA OS CATÓLICOS.

"Uma vez que, como todos os fiéis, são encarregados por Deus do apostolado em virtude do Batismo e da Confirmação, os leigos têm a OBRIGAÇÃO e o DIREITO, individualmente ou agrupados em associações, de trabalhar para que a mensagem divina da salvação seja conhecida e recebida por todos os homens e por toda a terra; esta obrigação é ainda mais presente se levarmos em conta que é somente através deles que os homens podem ouvir o Evangelho e conhecer a Cristo. Nas comunidades eclesiais, a ação deles é tão necessária que, sem ela, o apostolado dos pastores não pode, o mais das vezes, obter seu pleno efeito" (S.S. o Papa Pio XII, Discurso de 20 de fevereiro de 1946: citado por João Paulo II, CL 9; cfr. Catecismo da Igreja Católica, n. 900).

sábado, 16 de outubro de 2021

Santa Teresa de Jesus, e a Intimidade com a Virgem Maria, Mãe de Deus.


Assim deixou escrito a Santa e Venerável Reformadora do Carmelo:


Quando minha mãe morreu… fui aflita a uma imagem de Nossa Senhora e supliquei-lhe fosse minha mãe. Conhecidamente encontrei esta Virgem soberana enquanto me encomendei a Ela…”;1

a alma que reconhece suas fragilidades se faz devota da Rainha do Céu para que aplaque a divina Justiça”;2

a Mãe de Deus amava mais a Jesus Cristo do que todos os Apóstolos”;3

numa porta nos guarda Ele, e Nossa Senhora a outra”;4

vi Nossa Senhora do lado direito e a meu pai São José do esquerdo, que me vestiam com aquela roupa… logo me pareceu Nossa Senhora tomar-me pela mão”;5

era grandíssima a formosura que vi em Nossa Senhora… parecia-me muito menina”;6

pois foi para mim como estar numa glória ver feita uma obra que entendia ser para serviço do Senhor e honra do hábito de sua gloriosa Mãe, que estas eram minhas ânsias”;7

vi Nossa Senhora com grandíssima glória, com manto branco e debaixo dele parecia amparar-nos a todas”;8

guardamos a Regra de Nossa Senhora do Carmo”;9

praza ao Senhor seja tudo para glória e louvor seu e da gloriosa Virgem Maria cujo hábito trazemos”;10

no primeiro ano em que vim para ser Priora da Encarnação, começando a Salve, vi na estala prioral, onde está colocada Nossa Senhora, descer com uma grande multidão de Anjos a Mãe de Deus e colocar-se ali”;11

não penses quando vês minha Mãe que me tem nos braços que gozava aqueles contentamentos sem grave tormento. Desde que lhe disse Simeão aquelas palavras, deu-lhe meu Pai clara luz par que visse o que Eu havia de padecer”;12

pretendi que se guardasse a Regra de Nossa Senhora e Imperatriz com a perfeição que se começou”;13

pareçamo-nos, minhas filhas, em algo à grande humildade da Virgem Santíssima, cujo hábito trazemos, que é confusão chamarmos monjas suas, por muito que nos pareça que nos humilhamos ficamos muito longe de sermos filhas de tal Mãe”;14

a humildade trouxe do Céu o Filho de Deus às entranhas da Virgem”;15

não tenho outro remédio senão… confiar nos méritos de seu Filho e da Virgem sua Mãe, cujo hábito indignamente trago… louvai-A, minhas filhas, que o sois desta Senhora verdadeiramente… imitai-A e considerai que tal deve ser a grandeza desta Senhora e o bem de tê-lA por patrona”;16

que grande erro é não exercitar-se, por muito espirituais que sejam, em trazer presente a humanidade de Nosso Senhor… e a sua gloriosa Mãe”;17

os que mais perto andaram de Cristo Nosso Senhor, foram os de maiores trabalhos. Olhemos os que passou sua gloriosa Mãe”;18

pois começando a povoar-se estes pombaizinhos da Virgem Nossa Senhora, começou a Divina Majestade a mostrar suas grandezas nestas fracas mulherzinhas”;19

grande coisa é o que agrada a Nosso Senhor qualquer serviço que se faça a sua Mãe”;20

valha-me a misericórdia de Deus em quem eu confiei sempre por seu Filho Sacratíssimo e a Virgem Nossa Senhora, cujo hábito por bondade do Senhor, trago”.21


___________________

Fonte:Obras Completas de Santa Teresa de Jesus”, Texto Estabelecido por Fr. Tomaz Alvarez, O.C.D., Edições Carmelitanas - Edições Loyola, São Paulo/SP, 1995.

1.  V. 1, 7.

2.  V. 19, 5.

3.  V. 22, 1.

4.  V. 32, 11.

5.  V. 33, 14.

6.  V. 33, 15.

7.  V. 36, 6.

8.  V. 36, 24.

9.  V. 36, 26.

10.  V. 36, 28.

11.  R. 25.

12.  R. 36.

13.  C. 3, 5.

14.  C. 13, 3.

15.  C. 16, 2.

16.  M. 3, 1.

17.  M. 6, 7.

18.  M. 7, 4, 5.

19.  F. 4, 5.

20.  F. 10, 2.

21.  F. 23, 35.


Nenhum comentário:

Redes Sociais

Continue Acessando

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...