Blog Católico, para os Católicos

BLOG CATÓLICO, PARA OS CATÓLICOS.

"Uma vez que, como todos os fiéis, são encarregados por Deus do apostolado em virtude do Batismo e da Confirmação, os leigos têm a OBRIGAÇÃO e o DIREITO, individualmente ou agrupados em associações, de trabalhar para que a mensagem divina da salvação seja conhecida e recebida por todos os homens e por toda a terra; esta obrigação é ainda mais presente se levarmos em conta que é somente através deles que os homens podem ouvir o Evangelho e conhecer a Cristo. Nas comunidades eclesiais, a ação deles é tão necessária que, sem ela, o apostolado dos pastores não pode, o mais das vezes, obter seu pleno efeito" (S.S. o Papa Pio XII, Discurso de 20 de fevereiro de 1946: citado por João Paulo II, CL 9; cfr. Catecismo da Igreja Católica, n. 900).

domingo, 15 de maio de 2022

Novena em Honra de Maria Santíssima Auxiliadora. 1º Dia.


Maria Auxílio dos Cristãos1

(Histórico da Festa e Novena)


Para conhecerdes, queridas meninas, a origem desta festividade e a propagação desta devoção, convém saibais, que no ano de 1571, ameaçando os Turcos invadir toda a Europa, o grande Pontífice São Pio V, com o fim de refrear seu poderio e ferocidade, tratou de reunir contra eles um exército de valentes católicos. João da Áustria com vários outros ilustres guerreiros italianos, unidos em santa aliança debaixo da bandeira que trazia bordada em ouro a imagem de Jesus Crucificado, e que fora enviada pelo Pontífice, correram a defender a causa não só da Igreja, como da civilização. Depois de um tríduo de jejuns, de preces e procissões públicas, estes jovens soldados se aproximaram dos Santíssimos Sacramentos e tendo invocado o Nome de Maria, Auxílio dos Cristãos, atacaram o inimigo a 7 de outubro, nas águas de Lepanto. Depois de três horas de renhido combate, no qual se fez patente o auxílio de Deus e de Maria Santíssima, foi morto o Chefe dos inimigos. E logo a confusão e o terror invadiram a frota inteira dos muçulmanos, que caiu em poder dos nossos, os quais ao grito de Viva Maria, desfraldaram a bandeira de Jesus Cristo. O Pontífice São Pio V que, achando-se em oração na sua câmara, foi avisado pelo Céu da milagrosa vitória, para que se conservasse disso lembrança, quis que se ajuntasse nas Ladainhas Lauretanas o título de “Maria Auxilium Christianórum”, e se celebrasse a 7 de Outubro a solenidade de Santa Maria da Vitória. Mais tarde, por ocasião da libertação de Viena, sitiada pelos Turcos em 1683, erigiu-se na Baviera uma Associação em honra de Maria Auxiliadora, à qual se devia tamanha graça; e esta Associação logo se difundiu da Alemanha para a Itália e outros lugares. Enfim, Pio VII, por se haver livrado de uma injusta opressão, estabeleceu a festa de Maria Auxiliadora a 24 de Maio.

A devoção de Maria Santíssima debaixo deste título foi sempre crescendo depois de tantos prodígios, que deram origem ao magnífico Santuário de Espoleto, e ao que se levantou em Turim no ano de 1865, para onde afluem em crescido número, fiéis ainda das regiões mais remotas, depois de haver experimentado a eficácia especialíssima de Maria Santíssima, invocada com o título de Auxílium Christianórum. O Papa Pio IX, de saudosíssima memória, pelo Breve de 5 de Abril de 1870, fundou na Igreja de Turim uma Arquiconfraria, enriquecendo-a com muitas indulgências.



Advertência e Recomendações

de São João Bosco2


1ª. Para que uma novena seja feita com gosto, agradável a Deus e aproveite a quem a faz, é preciso começá-la na graça de Deus.3

2ª. A grande coisa que eu recomendaria nesta Novena, é que cada um tenha tanta paz na consciência, que possa comungar todos os dias.4

3ª. O mês de Maio é a festa da nossa Mãe, da nossa celeste protetora. Celebremo-la com alegria. As mais belas flores que podemos oferecer-lhe são as virtudes, das quais Ela nos ofereceu luminoso exemplo.5

4ª. Desejo que todos, neste mês e nesta Novena a Maria, peçam a esta boa Mãe a graça de se verem livres de todos os perigos da vida e do mundo.6

5ª. A festa de Maria Auxiliadora deve ser prelúdio da festa eterna que deveremos celebrar todos juntos, um dia, no Paraíso.7



NOVENA


1º Dia


Pelo sinal da Santa Cruz, livrai-nos , Deus, nosso Senhor, dos nossos inimigos. Em nome do Pai †, e do Filho e do Espírito Santo. Amém.


Ato de contrição

Senhor meu Jesus Cristo, Deus e homem verdadeiro, Criador, Pai e Redentor meu: porque sois a Infinita Bondade, amo-Vos, Senhor, mais que todas as coisas e mais que a mim mesmo. Pesa-me, Senhor, de Vos ter ofendido; e pelo vosso amor, e porque assim o quereis e me o mandais, perdoo de todo coração a todos os meus inimigos, para que Vós, Senhor, useis comigo de perdão e misericórdia e esqueçais minhas passadas culpas. Ofereço-Vos minha vida, obras e trabalhos, em satisfação dos meus pecados. Concedei-me a graça de perseverar em vosso amor e serviço até à morte. Amém.


V. Vinde, ó Deus, em meu auxílio.

R. Socorrei-me sem demora.

V. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.

R. Assim como era no princípio, agora e sempre, por todos os séculos dos séculos. Amém.



Da Fealdade e Consequências do Pecado


São João Bosco dizia:

Maria Santíssima não quer a devoção daqueles que querem continuar vivendo no pecado”.8

Sabem o que quer dizer cair em pecado mortal? Quer dizer renunciar a ser filho de Deus para ser escravo de Satanás. Quer dizer perder aquela beleza que nos torna lindos como os Anjos aos olhos de Deus, para nos tornar disformes diante Dele como os Demônios. Quer dizer, perder todos os méritos já adquiridos para a vida eterna… Quer dizer, ofender enormemente uma Bondade infinita, que é o maior mal que se possa imaginar”.9

Quem peca, diz com os fatos ao Senhor: Vá, ó Deus, para longe de mim, eu não quero mais obedecer-lhe, não quero mais servir-Lhe, não quero mais reconhecê-Lo como meu Senhor. Meus Deus é aquele prazer, aquela vingança, aquela cólera, aquela má conversa, aquela blasfêmia. Pode-se imaginar uma ingratidão mais monstruosa do que essa?… Pecando, você se serve daquelas mesmas coisas que Deus lhe deu: Orelhas, olhos, boca, língua, mãos, pés, tudo foi-lhe dado por Deus, e você se serviu desses dons para ofendê-Lo”.10

A verdadeira causa de todos os males é o pecado. O pecado torna os povos infelizes”.11

Ajudem-me a fazer guerra ao pecado”.12



Oração

Ó Maria Santíssima, poderoso Auxílio dos Cristãos, que cheios de confiança recorrem ao trono da misericórdia, ouvi as súplicas do pobre pecador que vem implorar vosso socorro, para poder evitar sempre o pecado e as ocasiões de nele cair.

Ave Maria… Glória ao Pai…

V. Concedei-me que eu Vos louve, Virgem sagrada.

R. Dai-me valor contra os Vossos inimigos.

Oremos: Deus Onipotente e misericordioso que, para defesa do povo cristão, concedestes perpétuo e admirável auxílio na pessoa da Virgem Maria, dai, propício, a graça de vencer na última hora o infernal inimigo àqueles que presentemente lutam sob tão grande patrocínio. Por Nosso Senhor Jesus Cristo. Amém.



Consagração à Nossa Senhora Auxiliadora13


Ó Santíssima e Imaculada Virgem Maria, terníssima Mãe nossa e poderoso Auxílio dos Cristãos, nós nos consagramos inteiramente ao vosso doce amor e ao vosso santo serviço. Consagramo-Vos a mente com seus pensamentos, o coração com seus afetos, o corpo com seus sentidos e com todas as suas forças, e prometemos querer sempre trabalhar para a maior glória de Deus e a salvação das almas.

Vós, entretanto, ó Virgem incomparável, que fostes sempre a Auxiliadora do povo cristão, continuai por piedade, a mostrar-Vos tal, especialmente nestes dias.

Humilhai os inimigos da nossa Santa Religião e frustrai seus perversos intentos. Iluminai e fortificai os Bispos e os Sacerdotes, e conservai-os sempre unidos e obedientes ao Papa, Mestre infalível; preservai da irreligião e do vício a incauta mocidade; promovei as santas vocações e aumentai o número dos Ministros sagrados, a fim de que, por meio deles, se conserve o Reino de Jesus Cristo entre nós e se estenda até aos últimos confins da terra.

Suplicamo-Vos também, ó dulcíssima Mãe nossa, que lanceis continuamente vossos olhares piedosos, sobre a incauta mocidade rodeada de tantos perigos, sobre os pobres pecadores e moribundos; sede para com todos, ó Maria, doce esperança, Mãe de misericórdia e Porta do Céu.

Mas também por nós Vos suplicamos, ó grande Mãe de Deus. Ensinai-nos a copiar em nós vossas virtudes, e de modo especial, vossa angélica modéstia, humildade profunda e ardente caridade; a fim de que, por quanto for possível, com nossa presença, com nossas palavras e com nosso exemplo, representemos ao vivo no meio do mundo a Jesus, vosso bendito Filho, Vos façamos conhecer e amar, e possamos por este meio salvar muitas almas.

Fazei mais, ó Maria Auxiliadora, que estejamos todos unidos debaixo do vosso manto maternal. Fazei que nas tentações, Vós invoquemos logo com toda a confiança. Fazei, enfim, que o pensamento de que sois tão boa, tão amável e querida, a lembrança do amor que tendes aos vossos devotos, nos conforte de tal modo, que, na vida e na morte, saiamos vitoriosos contra os inimigos de nossa alma, e possamos depois unir-nos conVosco no Paraíso. Amém.

María, Auxílium Christianórum, ora pro nobis.14


*Recomenda-se a Recitação do Terço do Dia e a



Ladainha de Nossa Senhora15

(Atualizada)


Senhor, tende piedade de nós.

Jesus Cristo, tende piedade de nós.

Senhor, tende piedade de nós.


Jesus Cristo, ouvi-nos.

Jesus Cristo, atendei-nos.


Pai celeste que sois Deus, tende piedade de nós.

Filho, Redentor do mundo, que sois Deus, tende piedade de nós.

Espírito Santo, que sois Deus, tende piedade de nós.

Santíssima Trindade, que sois um só Deus. tende piedade de nós.


Santa Maria, rogai por nós.

Santa Mãe de Deus,

Santa Virgem das Virgens,

Mãe de Jesus Cristo,

Mãe da Igreja,*16

Mãe de misericórdia,*17

Mãe da divina graça,

Mãe da esperança,*

Mãe puríssima,

Mãe castíssima,

Mãe imaculada,

Mãe intacta,

Mãe amável,

Mãe admirável,

Mãe do bom conselho,

Mãe do Criador,

Mãe do Salvador,

Virgem prudentíssima,

Virgem venerável,

Virgem louvável,

Virgem poderosa,

Virgem clemente,

Virgem fiel,

Espelho de justiça,

Sede de sabedoria,

Causa da nossa alegria,

Vaso espiritual,

Vaso honorífico,

Vaso insigne de devoção,

Rosa mística,

Torre de Davi,

Torre de marfim,

Casa de ouro,

Arca da aliança,

Porta do céu,

Estrela da manhã,

Saúde dos enfermos,

Refúgio dos pecadores,

Conforto dos migrantes,*

Consoladora dos aflitos,

Auxílio dos cristãos,

Rainha dos anjos,

Rainha dos patriarcas,

Rainha dos profetas,

Rainha dos apóstolos,

Rainha dos mártires,

Rainha dos confessores,

Rainha das virgens,

Rainha de todos os santos,

Rainha concebida sem pecado original,

Rainha elevada ao céu,

Rainha do sacratíssimo rosário,

Rainha da família,*18

Rainha da paz,


Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, perdoai-nos Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, ouvi-nos Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, tende piedade de nós.


V. Rogai por nós, Santa Mãe de Deus.

R. Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.


Oremos: Senhor Deus, nós Vos suplicamos que concedais aos vossos servos perpétua saúde de alma e de corpo; e que, pela gloriosa intercessão da Bem-aventurada sempre Virgem Maria, sejamos livres da presente tristeza e gozemos da eterna alegria. Por Cristo Nosso Senhor. Amém.


________________________

1.  São João Bosco, “A Jovem Instruída – na Prática de seus Deveres, nos Exercícios da Piedade Cristã e na Recitação do Ofício da Santíssima Virgem”, 2ª Parte, pp. 181-187. Escola Tipográfica Salesiana, Niterói/RJ, 1918.

2.  Teresio Bosco, “Os Pensamentos de Dom Bosco”, Letra “N”, Ponto “Novena”, p. 69. ABC Gráfica Editora, Brasília/DF, 2001.

3.  Memorie Biografiche di Don Giovanni Bosco, VI, 84. Torino, 1898-1939.

4.  Memorie Biografiche di Don Giovanni Bosco, XII, 30. Torino, 1898-1939.

5.  MM 16.

6.  MB XIII, 407.

7.  Duas cartas de Roma SPS 289.

8.  MB VIII, 7.

9.  De O Jovem Instruído.

10.  De O Jovem Instruído.

11.  MB VI, 470.

12.  MB VII, 376.

13.  São João Bosco, “O Jovem Instruído – Na Prática de seus Deveres Religiosos”, 2ª Parte, Cap. VII, pp. 237-238. 9ª Edição Brasileira no Ano Centenário da Obra, Livraria Salesiana Editora, São Paulo/SP, 1948. [Oração Indulgenciada]

14.  Jaculatória indulgenciada.

15.  Com indulgência parcial são enriquecidas as ladainhas aprovadas pela Autoridade competente. Sobressaem-se entre elas as seguintes: do Santíssimo Nome de Jesus, do Sagrado Coração de Jesus, do Preciosíssimo Sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo, da Santíssima Virgem Maria, de São José e de Todos os Santos. (Manual das Indulgências – Normas e Concessões, n. 29, p. 54. 2ª Edição, Editora Paulos, São Paulo/SP, 1990).


Nenhum comentário:

Redes Sociais

Continue Acessando

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...