Blog Católico, para os Católicos

BLOG CATÓLICO, PARA OS CATÓLICOS.

"Uma vez que, como todos os fiéis, são encarregados por Deus do apostolado em virtude do Batismo e da Confirmação, os leigos têm a OBRIGAÇÃO e o DIREITO, individualmente ou agrupados em associações, de trabalhar para que a mensagem divina da salvação seja conhecida e recebida por todos os homens e por toda a terra; esta obrigação é ainda mais presente se levarmos em conta que é somente através deles que os homens podem ouvir o Evangelho e conhecer a Cristo. Nas comunidades eclesiais, a ação deles é tão necessária que, sem ela, o apostolado dos pastores não pode, o mais das vezes, obter seu pleno efeito" (S.S. o Papa Pio XII, Discurso de 20 de fevereiro de 1946: citado por João Paulo II, CL 9; cfr. Catecismo da Igreja Católica, n. 900).

terça-feira, 17 de maio de 2022

Novena em Honra a Gloriosa Santa Rita de Cássia. 6º Dia.


NOVENA1


Pelo sinal da Santa Cruz, livrai-nos , Deus, nosso Senhor, dos nossos inimigos. Em nome do Pai †, e do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Ato de contrição

Senhor meu Jesus Cristo, Deus e homem verdadeiro, Criador, Pai e Redentor meu: porque sois a Infinita Bondade, amo-Vos, Senhor, mais que todas as coisas e mais que a mim mesmo. Pesa-me, Senhor, de Vos ter ofendido; e pelo vosso amor, e porque assim o quereis e me o mandais, perdoo de todo coração a todos os meus inimigos, para que Vós, Senhor, useis comigo de perdão e misericórdia e esqueçais minhas passadas culpas. Ofereço-Vos minha vida, obras e trabalhos, em satisfação dos meus pecados. Concedei-me a graça de perseverar em vosso amor e serviço até à morte. Amém.



Oração para todos os dias


Deus e Senhor nosso, que, dispondo tudo com admirável providência, colocastes em vossa Igreja os Santos que fossem modelo permanente de todas as virtudes, e, chamando-os a vosso seio, foram constituídos protetores e advogados nossos: ouvi propício as preces de vossa serva Rita, que destes ao mundo como modelo nos diferentes estados de vida, e concedei-nos que o que nossa fraqueza não pode alcançar, o consigamos pela sua poderosa intercessão. Amém.



SEXTO DIA


Oração para este dia


Pelas dores cruéis e rigoroso isolamento que vos proporcionou a ferida aberta em vossa testa pelo glorioso estigma da Cruz, alcançai-nos, ó Serafim de Cássia, que saibamos suportar com resignação cristã o peso das cruzes próprias, de nosso estado, e que, como vós, experimentemos o gosto de morrer entre o sofrimento, crucificados com Cristo Jesus. Amém.



Meditação para este dia


I. Considera, alma atribulada, o que sofreria Santa Rita durante a comprida e penosa doença produzida pela ferida do Sagrado Espinho. Incomodadas as religiosas pela exalação intolerável que a ferida desprendia, e pelo nojo que produzia o pus que dela manava; impossibilitada assim da assistência aos atos da comunidade, viu-se necessitada nossa Santa, de viver isolada durante muitos anos. Mas aquele forçado retiro ela o aproveitou para exercitar-se mais a seu agrado na contemplação das dores e sofrimentos de seu amado Jesus, comunicando-se este mais intensamente com sua predileta esposa, enchendo-a de inúmeros favores.

II. Pede a Deus, pela mediação de Santa Rita, a graça de conformar-te com a divina vontade, assim nas coisas prósperas como nas adversas, e de abençoá-lo em ambas as ocasiões. – A esta petição acrescenta a que te move a fazer esta Novena.

Breve meditação, e depois se dirá:

Ofereçamos agora a Deus um Pai Nosso e quatro Ave Marias, dando-lhe graças pelas virtudes com que enriqueceu a Santa Rita nos quatro estados de sua vida, para que se digne conceder-nos as que mais necessárias sejam ao nosso estado particular.



Oração final para todos os dias


Dulcíssimo e dolorosíssimo Jesus: que quisestes que vossa Santíssima Cabeça fosse coroada de espinhos, e Vos dignastes presentear um deles a vossa serva Rita, assinalando-a na testa como vossa esposa; concedei-me, Senhor, sua intercessão; e pelo Sangue que, servindo de instrumento os espinhos, saiu de vossa Sacrossanta Cabeça e correu por vosso belíssimo Rosto, fazei que, banhando-se com ele minha alma, se limpe e purifique dos espinhos dos pecados que mortalmente a têm ferido, e assim regada e purificada dê copiosos frutos de boas obras, enriquecendo-os com a perseverança final, à qual tendes prometido a vida eterna, onde Vos louve e goze com vossa coroada Esposa, Protetora e Advogada minha, e com todos os Coros dos Anjos e Santos que Vos louvam e abençoam na glória por toda a eternidade. Amém.



Antífona


Saudo-vos, Rita, que, entre espinhos de dor, fostes consagrada Esposa, e ainda Vaso e Rosa de Cristo, vosso divino amor.

V. Assinalastes, Senhor, vossa serva Rita.

R. Com o sinal de vossa caridade e Paixão.

Oremos: Ó Senhor, que Vos dignastes conceder tanta graça a Santa Rita, que, imitando-Vos no amor dos inimigos, mereceu levar no seu coração e fronte os sinais de vossa Paixão, rogamo-Vos, pela sua intercessão e merecimentos, nos concedais amar os nossos inimigos e, com o espinho da compunção, contemplar as dores da vossa Paixão. Vós que viveis e reinais nos séculos dos séculos. Amém.



Louvores e Súplicas a Santa Rita


Senhor, tende piedade de nós.

Jesus Cristo, tende piedade de nós.

Senhor, tende piedade de nós.


Deus, Pai dos Céus, tende piedade de nós.

Deus, Filho, Redentor do mundo, tende…

Deus, Espírito Santo, tende…

Santíssima Trindade, que sois um só Deus, tende…


Maria Imaculada, rogai por nós.

Maria, Mãe e conforto dos atribulados, rogai…

Maria, Protetora amorosa de Santa Rita, rogai…


Santa Rita, advogada e protetora nossa, rogai…

Santa Rita, predestinada por Deus, rogai…

Santa Rita, dom escolhido do Céu, rogai…

Santa Rita, anunciada pelo Anjo, rogai…

Santa Rita, admirável na infância, rogai…

Santa Rita, amante da solidão, rogai…

Santa Rita, modelo de pureza, rogai…

Santa Rita, exemplo de amabilidade, rogai…

Santa Rita, espelho de obediência, rogai…

Santa Rita, modelo de donzelas, rogai…

Santa Rita, exemplar de esposas e mães, rogai…

Santa Rita, viúva santa, rogai…

Santa Rita, invicta na paciência, rogai…

Santa Rita, admirável na fortaleza, rogai…

Santa Rita, heroica no sacrifício, rogai…

Santa Rita, generosa no perdão, rogai…

Santa Rita, mártir da penitência, rogai…

Santa Rita, compassiva com os pobres, rogai…

Santa Rita, pronta ao divino chamado, rogai…

Santa Rita, levada prodigiosamente ao claustro, rogai…

Santa Rita, espelho da vida religiosa, rogai…

Santa Rita, milagre de mortificação, rogai…

Santa Rita, ramalhete de fragrante mirra, rogai…

Santa Rita, vergel escolhido de todas as virtudes, rogai…

Santa Rita, enamorada da Paixão de Cristo, rogai…

Santa Rita, ferida pelo Sagrado Espinho, rogai…

Santa Rita, amante filha de Maria Santíssima, rogai…

Santa Rita, recebida com festa no Céu, rogai…

Santa Rita, enriquecida de sublime glória, rogai…

Santa Rita, margarida do Paraíso, rogai…

Santa Rita, pérola preciosa da Úmbria, rogai…

Santa Rita, astro benéfico dos transviados, rogai…

Santa Rita, seguro conforto dos atribulados, rogai…

Santa Rita, saúde dos doentes, rogai…

Santa Rita, advogada de impossíveis, rogai…

Santa Rita, luz da Igreja, rogai…

Santa Rita, nossa constante intercessora, rogai…

Santa Rita, modelo de confiança nas súplicas, rogai…

Santa Rita, poderosa para alcançar tudo de Jesus crucificado, rogai…


Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, perdoai-nos, Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, ouvi-nos, Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, tende piedade de nós.


V. Assinalastes, Senhor, a vossa serva Rita.

R. Com o sinal da vossa caridade e Paixão.


Oremos: Ó Jesus, que Vos dignastes conceder tanta graça a Santa Rita, que, imitando-Vos no amor dos inimigos, mereceu levar em seu coração e fronte os sinais da vossa Paixão; concedei-nos, por sua intercessão e merecimentos, amar nossos inimigos, e com o espinho da compunção contemplar as dores da vossa Paixão. Vós que viveis e reinais nos séculos dos séculos. Amém.


____________________

1.  Exmo. e Revmo. D. Bernardo Martinez Noval, Bispo de Almeria, “Devocionário e Mês de Santa Rita de Cássia”, 2ª Parte, pp. 233-254.266-268. Editora Vozes Ltda., Petrópolis/RJ, 1938.


Nenhum comentário:

Redes Sociais

Continue Acessando

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...