Blog Católico, para os Católicos

"Uma vez que, como todos os fiéis, são encarregados por Deus do apostolado em virtude do Batismo e da Confirmação, os leigos têm a OBRIGAÇÃO e o DIREITO, individualmente ou agrupados em associações, de trabalhar para que a mensagem divina da salvação seja conhecida e recebida por todos os homens e por toda a terra; esta obrigação é ainda mais presente se levarmos em conta que é somente através deles que os homens podem ouvir o Evangelho e conhecer a Cristo. Nas comunidades eclesiais, a ação deles é tão necessária que, sem ela, o apostolado dos pastores não pode, o mais das vezes, obter seu pleno efeito" (S.S. o Papa Pio XII, Discurso de 20 de fevereiro de 1946: citado por João Paulo II, CL 9; cfr. Catecismo da Igreja Católica, n. 900).

quinta-feira, 15 de março de 2012

6º Dia




Porém São José faz mais que abrigar e proteger a Jesus e a Maria. Sua Paternidade é ativa. E Deus a quer eficaz. Deve reger os que protege, deve sustentar os que rege. Aquela Obra Divina da Providência, que consiste no governo deste mundo, e dos mundos quase que sem número espalhados na imensidade do espaço, obra cuja contemplação arrebata nosso espírito em profundíssima admiração; esta obra é sem comparação menos admirável que o governo, o regime do Salvador e de Sua Mãe Santíssima. Por certo a luz das perfeições Divinas resplandece divinamente no governo do mundo visível, mas este resplendor comparado com o que fulguram as mesmas perfeições no governo do Verbo Encarnado e da Virgem que O gerou, é uma aurora, uma fraca e pálida aurora. Ora, São José entra de jure (de fato), como Príncipe, como Chefe, como Pai no governo humano da vida de Jesus e de Maria. Pelo que é o Sacramento consciente, vivo, ativo daquela sabedoria, daquele poder, daquela bondade que chamamos Providência, e em sua ação a mais sublime, a mais divina que é o governo, a direção, o regime do Filho de Deus feito homem, e da quase divina criatura que O gerou. E esta prerrogativa lhe confere uma excelência incompreensível, O reveste de uma glória que deixa muito atrás a glória e claridade, não só dos Santos, mas dos mais altos Serafins.

O grau mais alto, o cume da Paternidade na Igreja, é o Papado, a Suprema Autoridade Pontifícia. Mas, os Sumos Pontífices, e digo os mais grandes e os mais santos, nunca foram chamados, e nunca foram senão Vigários de Cristo. Entre todas as criaturas, só São José foi Vigário de Deus Pai. Pois, de Deus Pai faz as vezes para com o Filho Humanado.

V. Rogai por nós, São José, Esposo da Mãe de Deus;
R. Para que sejamos dignos das promessas de Cristo!

Oração

Oremos: Ó Deus, que por uma inefável Providência Vos dignastes escolher o Bem-aventurado São José para Esposo de Vossa Mãe Santíssima, concedei-nos que aquele mesmo que na Terra veneramos como Protetor e Pai, mereçamos tê-lo no Céu por nosso Intercessor. Nós suplicamos a Vós que viveis e reinais por todos os séculos dos séculos. Amém!

Oremos: Que os méritos, Senhor, do Esposo de Vossa Mãe Santíssima nos sirvam de arrimo, a fim de que a sua intercessão nos obtenha o que não pode o nosso próprio esforço. Nós suplicamos a Vós, que viveis e reinais pelos séculos dos séculos. Amém!

    Oremos: Glorioso São José, que fostes exaltado pelo Eterno Pai, obedecido pelo Verbo Encarnado, favorecido pelo Espírito Santo e amado pela Virgem Maria: Louvo e bendigo à Santíssima Trindade pelos privilégios e méritos com que vos enriqueceu. Sois poderosíssimo e jamais se ouviu dizer, que alguém tenha recorrido a Vós e fosse por Vós desamparado. Sois o Consolador dos aflitos, o Amparo dos míseros e o Advogado dos pecadores. Acolhei, pois, com bondade paternal a quem Vos invoca com filial confiança e alcançai-me as graças que Vos peço nesta Novena... Eu Vos escolho por meu especial Protetor e Pai. Sede, depois de Jesus e Maria, a minha consolação nesta terra, o meu refúgio nas desgraças, o meu guia nas incertezas, o meu conforto nas tribulações; o meu Pai solícito em todas as necessidades. Obtende-me, finalmente, como coroa dos Vossos favores, uma boa e santa morte na graça de Nosso Senhor. Assim seja!
 
 

Nenhum comentário:

Redes Sociais

Continue Acessando

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...