Blog Católico, para os Católicos

"Uma vez que, como todos os fiéis, são encarregados por Deus do apostolado em virtude do Batismo e da Confirmação, os leigos têm a OBRIGAÇÃO e o DIREITO, individualmente ou agrupados em associações, de trabalhar para que a mensagem divina da salvação seja conhecida e recebida por todos os homens e por toda a terra; esta obrigação é ainda mais presente se levarmos em conta que é somente através deles que os homens podem ouvir o Evangelho e conhecer a Cristo. Nas comunidades eclesiais, a ação deles é tão necessária que, sem ela, o apostolado dos pastores não pode, o mais das vezes, obter seu pleno efeito" (S.S. o Papa Pio XII, Discurso de 20 de fevereiro de 1946: citado por João Paulo II, CL 9; cfr. Catecismo da Igreja Católica, n. 900).

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Tomar pílula anticoncepcional na adolescência causa hipertensão na idade adulta



SIDNEY, 17 Jul. 12 / 10:20 am (ACI/EWTN Noticias).

- Um grupo de cientistas da Universidade de Western a Austrália descobriu que as adolescentes que consomem pílulas anticoncepcionais correm risco de sofrer hipertensão, conhecida como o "assassino silencioso", quando chegarem à fase adulta.

Em um estudo publicado no dia 11 de julho no European Journal of Preventative Cardiology, os pesquisadores encabeçados pelo Dr. Chi Le-ha descobriram que as jovens que tomaram as pílulas anticoncepcionais por poucos meses, têm níveis de pressão arterial mais alto que outras jovens, e "é provável que afete de maneira significativa o risco de enfermidade isquêmica do coração e de derrame cerebral na idade adulta".

A hipertensão arterial é conhecida como o "assassino silencioso", porque é uma enfermidade que raramente apresenta sintomas, mas pouco a pouco gera maior pressão nos vasos sanguíneos e no coração.

Os médicos encontraram também que entre os adolescentes homens, a pressão arterial alta se encontrou significativamente associada com o Índice de Massa Corporal, o consumo de sal e de álcool.

O Dr. Chi Le-ha assinalou que "os adolescentes precisam ser conscientes de que um estilo de vida que predispõe à obesidade, consumo elevado de sal e o consumo de álcool pode conduzir a consequências adversas para a saúde na vida adulta".

Os pesquisadores indicam no seu estudo que "os hábitos de vida estabelecidos durante a adolescência podem afetar negativamente à pressão arterial e contribuir às diferenças de gênero no risco cardiovascular na idade adulta".

Para os cientistas, a modificação de condutas específicas para homens e mulheres pode prevenir a hipertensão adulta.


 

Nenhum comentário:

Redes Sociais

Continue Acessando

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...