Blog Católico, para os Católicos

BLOG CATÓLICO, PARA OS CATÓLICOS.

"Uma vez que, como todos os fiéis, são encarregados por Deus do apostolado em virtude do Batismo e da Confirmação, os leigos têm a OBRIGAÇÃO e o DIREITO, individualmente ou agrupados em associações, de trabalhar para que a mensagem divina da salvação seja conhecida e recebida por todos os homens e por toda a terra; esta obrigação é ainda mais presente se levarmos em conta que é somente através deles que os homens podem ouvir o Evangelho e conhecer a Cristo. Nas comunidades eclesiais, a ação deles é tão necessária que, sem ela, o apostolado dos pastores não pode, o mais das vezes, obter seu pleno efeito" (S.S. o Papa Pio XII, Discurso de 20 de fevereiro de 1946: citado por João Paulo II, CL 9; cfr. Catecismo da Igreja Católica, n. 900).

quarta-feira, 18 de dezembro de 2019

SANTA TEREZINHA DO MENINO JESUS ENSINA, QUE A VIRGINDADE É UM TESOURO.



"Senhor, se a pureza do Anjo Tu amas, desse espírito brilhante, no Céu a esvoaçar, não amas também, erguendo-se da lama, o lírio que puro teu amor dignou-se conservar?

Se o Anjo de asas de prata dourada é feliz, meu Deus, aparecendo perante Ti branco de pureza, desde este mundo meu trajar é semelhante ao seu, porque tenho da virgindade a riqueza!"1


"Celina, façamos de nosso coração um canteirozinho de delícias, no qual Jesus venha descansar... Não plantemos senão lírios no nosso jardim, sim, lírios e não admitamos outras flores, que outros podem cultivar... mas os lírios só as virgens podem oferecer a Jesus.

"A virgindade é um silêncio profundo de todos os cuidados da terra", não só dos cuidados inúteis, mas de todos os cuidados... Para ser virgem, em nada se deve pensar a não ser no Esposo, que não consente nada à sua volta que não seja virgem, "visto ter querido nascer de uma Mãe Virgem, ter tido um Precursor virgem, um Tutor virgem, um Discípulo predileto virgem, e enfim, um túmulo virgem".2


"A castidade me torna irmã dos Anjos, esses espíritos puros, vitoriosos a valer; espero um dia voar em suas falanges, mas no exílio, como eles, devo combater.

Sem repouso e sem tréguas devo lutar por meu Esposo, o Senhor das nações; a castidade é minha espada singular que pode Lhe conquistar os corações.

A castidade é minha arma invencível; por ela meus inimigos abaterei, por ela, eu me torno, ó felicidade invencível, esposa de Jesus, meu Rei!"3


E a Santíssima Virgem? Ah! Celina, esconde-te bem à sombra de seu manto virginal, para que Ela te virginize!... A pureza é tão bela e tão cândida! "Bem-aventurados os corações puros, porque eles verão a Deus.4

Celina, os corações puros são muitas vezes cercados de espinhos, muitas vezes estão nas trevas, então, os lírios crêem ter perdido a sua brancura, pensam que os espinhos que os cercam conseguiram rasgar a sua corola! Compreendes, Celina? Os lírios no meio dos espinhos são os prediletos de Jesus, é no meio deles que Ele tem as suas delícias! "Bem-aventurado aquele que foi achado digno de sofrer a tentação!5".6


Pedi, ainda, a Nossa Senhora das Vitórias, que desviasse de mim tudo o que poderia manchar minha pureza. Não ignorava que, numa viagem como esta para a Itália, aconteceriam muitas coisas suscetíveis de me perturbarem, mormente porque, ignorando o mal, receava descobri-lo, pois não sabia ainda por experiência que "tudo é puro para os puros",7 e que a alma simples e reta não vê o mal em coisa alguma, uma vez que o mal não existe efetivamente senão nos corações impuros e não em objetos insensíveis...8


Jamais ficaremos separados, jamais. Tu sabes, só o lírio amarelo9 teria podido afastar-nos um pouco, digo-te isso, porque estou certa de que o Lírio branco será sempre a tua parte, visto que o escolheste e Ele te escolheu primeiro. Compreendes os lírios?...

Algumas vezes me perguntava a mim mesma por que razão Jesus me escolheu em primeiro lugar. Agora compreendi: tu sabes, a tua alma é um Lírio-Perpétua,10 Jesus pode fazer dele tudo o que quiser. Pouco importa que ele esteja num lugar ou no outro. Será sempre: Perpétua.11


É esta graça que Jesus nos concede, Ele quer que sejamos suas esposas, e depois promete-nos ainda sermos sua mãe e suas irmãs, porque Ele o diz no seu Evangelho: "Aquele que faz a vontade de meu Pai, esse é minha mãe, meu irmão e minha irmã".12 Sim, aquele que ama Jesus é toda a sua família; esse acha neste Coração único que não tem semelhante, tudo o que deseja, n'Ele encontra o Céu!...13

_________________
1. Poesia 33.
2. Carta 102.
3. Poesia 30.
4. S. Mat. 5, 8.
5. S. Tiag. 1, 12.
6. Carta 85.
7. Tit. 1, 15.
8. Manuscritos Autobiográficos, A 57. (À Madre Inês).
9. Símbolo com que Teresa indicava o Matrimônio.
10. Aqui, ao símbolo do lírio - pureza virginal - Teresa une o da perpétua, flor sempre-viva que não murcha nunca.
11. Carta 32.
12. S. Mat. 12, 50.
13. Carta 109.

Nenhum comentário:

Redes Sociais

Continue Acessando

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...