Blog Católico, para os Católicos

BLOG CATÓLICO, PARA OS CATÓLICOS.

"Uma vez que, como todos os fiéis, são encarregados por Deus do apostolado em virtude do Batismo e da Confirmação, os leigos têm a OBRIGAÇÃO e o DIREITO, individualmente ou agrupados em associações, de trabalhar para que a mensagem divina da salvação seja conhecida e recebida por todos os homens e por toda a terra; esta obrigação é ainda mais presente se levarmos em conta que é somente através deles que os homens podem ouvir o Evangelho e conhecer a Cristo. Nas comunidades eclesiais, a ação deles é tão necessária que, sem ela, o apostolado dos pastores não pode, o mais das vezes, obter seu pleno efeito" (S.S. o Papa Pio XII, Discurso de 20 de fevereiro de 1946: citado por João Paulo II, CL 9; cfr. Catecismo da Igreja Católica, n. 900).

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2022

Fica, Senhor!


(Ação de Graças

para depois da Comunhão)


Fica, Senhor, comigo, porque é necessária a Tua presença para não Te ofender.

Tu sabes quão facilmente Te abandono.

Fica, Senhor, comigo, pois sou fraco e preciso da Tua força para não cair tantas vezes.

Fica, Senhor, comigo, porque Tu és a minha vida e sem Ti esmoreço no fervor.

Fica, Senhor, comigo, porque Tu és a minha Luz e sem Ti permaneço nas trevas.

Fica, Senhor, comigo, para me dares a conhecer a Tua vontade.

Fica, Senhor, comigo, para que ouça a Tua voz e Te siga.

Fica, Senhor, comigo, pois desejo amar-Te muito e estar sempre na Tua companhia.

Fica, Senhor, comigo, se queres que Te seja fiel.

Fica, Senhor, comigo, pois embora a minha alma seja muito pobrezinha, deseja ser para Ti um lugar de consolação, um ninho de amor.

Fica, Senhor, comigo, pois é tarde e o dia está a declinar, isto é, passa a vida e aproxima-se a morte, o juízo e a eternidade, e é necessário redobrar as minhas forças, para que não desfaleça no caminho e para tanto preciso de Ti.

Faz-se tarde e avizinha-se a morte!...

Afligem-me as trevas, as tentações, as securas, as penas e as cruzes, e ai!...

Tenho necessidade de Ti nesta noite de exílio.

Fica, Jesus, comigo, porque nesta noite de vida e de perigos, preciso de Ti.

Que eu Te conheça, Senhor, como os teus Discípulos, ao partir do pão, isto é, que a união eucarística seja a luz que dissipe as minhas trevas, a força que me sustenta e a única felicidade do meu coração.

Fica, comigo, Senhor, pois quando chegar a morte, quero estar unido a Ti, se não puder ser de modo Sacramental pela Sagrada Comunhão, ao menos pela graça e pelo amor.

Fica, Jesus, comigo.

Não Te peço a Tua divina consolação, pois, não a mereço, mas o Dom da Tua presença Santíssima.

Oh! Sim, isso Te peço.

Fica, Senhor, comigo.

Só Te procuro a Ti, o Teu amor, a Tua vontade, o Teu Coração, o Teu Espírito, por que Te amo e não Te peço outra recompensa, além do aumento deste amor.

Amor sólido e prático.

Amar-Te de todo o coração na terra, para continuar a amar-Te perfeitamente por toda a eternidade.


SÃO PIO DE PIETRELCINA.


IMPRIMATUR,

Braga, 29 de Dezembro de 1962.

CAN. EMMANUEL PEIXOTO, Vic. Gen.



Nenhum comentário:

Redes Sociais

Continue Acessando

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...