Blog Católico, para os Católicos

BLOG CATÓLICO, PARA OS CATÓLICOS.

"Uma vez que, como todos os fiéis, são encarregados por Deus do apostolado em virtude do Batismo e da Confirmação, os leigos têm a OBRIGAÇÃO e o DIREITO, individualmente ou agrupados em associações, de trabalhar para que a mensagem divina da salvação seja conhecida e recebida por todos os homens e por toda a terra; esta obrigação é ainda mais presente se levarmos em conta que é somente através deles que os homens podem ouvir o Evangelho e conhecer a Cristo. Nas comunidades eclesiais, a ação deles é tão necessária que, sem ela, o apostolado dos pastores não pode, o mais das vezes, obter seu pleno efeito" (S.S. o Papa Pio XII, Discurso de 20 de fevereiro de 1946: citado por João Paulo II, CL 9; cfr. Catecismo da Igreja Católica, n. 900).

terça-feira, 21 de junho de 2022

Novena em Honra do Sagrado Coração de Jesus. 8º Dia.


Sinal da Cruz


Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém.1


Invocação ao Divino Espírito Santo2


Vinde, ó Espírito Santo, enchei os corações de vossos fiéis e acendei neles o fogo de vosso amor.

V. Enviai o vosso Espírito e tudo será criado.

R. E renovareis a face da terra.

Oremos: Ó Deus, que instruístes os corações dos vossos fiéis com a luz do Espírito Santo, concedei-nos que pelo mesmo Espírito, conheçamos tudo o que é reto e sempre gozemos de Suas consolações. Por Cristo Nosso Senhor. Amém.



Ato de Contrição


Prostrados perante o Sacrário ou diante de uma imagem de Nosso Senhor, persignar-se e rezar:


Meu Senhor Jesus Cristo. Deus e homem verdadeiro, Criador e Redentor meu, por serdes Vós quem sois, sumamente bom e digno de ser amado, e porque Vos amo e estimo sobre todas as coisas, pesa-me, Senhor, de todo o meu coração de Vos ter ofendido, pesa-me também, por ter perdido o Céu e merecido o Inferno, e proponho firmemente ajudado com o auxílio de vossa divina graça, emendar-me e nunca mais Vos tornar a ofender, espero alcançar o perdão de minhas culpas, pela vossa infinita misericórdia. Amém.


V. Vinde, ó Deus , em meu auxílio.

R. Apressai-Vos, Senhor, em me socorrer.

V. Glória ao Pai, e ao Filho e ao Espírito Santo.3

R. Assim como era no princípio, agora e sempre e por todos os séculos dos séculos. Amém.



NOVENA4


8º Dia


Consideração: É fora de toda a dúvida, que não há meio mais eficaz para resolver alguém, a tomar a peito a prática de uma devoção, a não ser que a conhece útil e vantajosa. Ora, não há devoção tão útil e tão vantajosa como a devoção em honra do Sagrado Coração de Jesus.

O Pai Eterno que nos entregou o Seu próprio Filho, pode por ventura nos deixar de dar todas as coisas. Assim, podemos dizer também de Jesus; se Ele nos deu o seu Coração, não estará por ventura disposto a nos dar todos os mais bens! Jesus quando nos entregou o seu Coração, pôs em nossas mãos um penhor seguro de mais favores.

Ao povo hebreu atravessando o deserto a procura da terra da promissão, lhe faltou a água para matar a sede. Deus, movido à compaixão disse a Moisés: Bate sobre aquela pedra com a mesma varinha com que bateu sobre o mar vermelho, e dela sairá água para matar a sede do povo; e tendo Moisés cumprido à risca a ordem divina, saiu de repente rios de água daquela pedra, e os hebreus puderam matar a sua sede.

Grande foi este benefício que Deus fez em prol do povo hebreu, mas é maior sem comparação o benefício que nos faz a nós cristãos. Peregrinamos neste mundo, vale de lágrimas para a pátria celeste, Deus movido a compaixão de nós, faz rebentar da Viva Pedra, que é Cristo, e propriamente da Chaga do seu Lado, uma fonte inexaurível de graças, que nos levam a vida eterna.



Revelação da Hora Santa


Minha filha, esteja atenta à Minha Voz, e ao que Te peço para dispor-te ao cumprimento dos Meus desígnios: Receber-Me-ás no Santíssimo Sacramento tão frequentemente quanto a obediência te o quiser permitir, por mais mortificações e humilhações que disto te devam advir, as quais receberás como um penhor do Meu Amor; comungarás além disso, todas as primeiras Sextas-feiras de cada mês: e todas as noites de Quinta-feira para Sexta-feira far-Te-ei participar daquela mortal tristeza, que aceitei sofrer no Jardim das Oliveiras, e a qual te reduzirá a uma espécie de agonia mais dura de suportar que a morte. E para acompanhar-Me naquela humilde prece que apresentei então a Meu Pai no lastimoso estado a que estive reduzido, levantar-te-ás entre onze horas e meia-noite, para passar uma hora em oração, prosternada, com a face por terra, tanto para aplacar a Minha Cólera pedindo misericórdia pelos pecadores, quanto para adoçar de algum modo a amargura que senti então, vendo-Me abandonado de Meus Apóstolos: o que Me obrigou a lhes censurar a sua covardia dizendo-Lhes que não haviam podido vigiar uma hora Comigo; e durante aquela hora Eu mesmo Te ensinarei o que tiveres de fazer.

Mas no meio de todas as graças que Te faço, tem muito cuidado, Minha filha, em não crer ligeiramente em todo espírito, e nele não te fies, pois o Demônio nada esquecerá para te enganar; por isso nunca faças nada sem a aprovação daqueles que te dirigem, a fim de que tendo o consentimento de tuas Superioras, jamais caias nos laços que te arma, porque ele não tem poder sobre os verdadeiros obedientes”5.



Para a Salvação é necessário

imitar o Coração de Jesus


Jesus. Filho, uma só coisa é, antes de tudo, necessária: salvares a tua alma. Se a perderes, tudo estará perdido; se a salvares, tudo estará salvo.

Não alcançarás, contudo, a eterna salvação da tua alma, se não imitares o Meu Coração. Pois os que Deus conheceu na sua presciência, também predestinou a se tornarem conformes à imagem do seu Filho.6

Qual é, porém, esta imagem do Filho de Deus, à qual todos os eleitos se devem conformar, senão o Meu Coração? A todos não é dado imitar Minhas ações externas, nem depende do homem fazer os milagres por Mim operados. Outrossim, em consequência dos diversos estados da vida humana, não podem todos seguir o Meu modo de viver exterior. Entretanto, todos, grandes e pequenos, doutos e ignorantes, em qualquer estado, podem e devem imitar os sentimentos íntimos do Meu Coração. Se, portanto, desejas a eterna salvação, conforma-te ao Meu Coração e aprende a revestir-te dos Meus sentimentos.

Ainda que distribuísses aos pobres todos os teus bens, entregasses o corpo às maiores penitências, conhecesses todos os mistérios e operasses estupendos prodígios, se não tiveres em teu coração semelhança com o Meu, nada serias e todas estas coisas de nada te valeriam eternamente.

Pela semelhança com o Meu Coração, hás de ser julgado e receber tua sorte eterna.

Muitos, na hora do juízo, dir-Me-ão: “Senhor, não foi em vosso Nome que profetizamos, expulsamos Demônios e fizemos inúmeros milagres?” Eu, porém, lhes responderei: “Não vos conheço. Acaso não vedes as Chagas que Me infligistes? Não reconheceis o Lado por vós traspassado, que por vosso amor permaneceu aberto, sem que consentisses em entrar nele?

De nada servirá o que fizerdes, se não for feito segundo o Meu Coração”.

Não é a aparência exterior de piedade, porém, o coração devoto que torna o homem bom e caro diante de Mim.

Tua salvação estará segura na medida em que conformares o teu coração ao Meu.

Faze por tua salvação quanto te for possível. Não pode haver solicitude excessiva, quando se acha em perigo a eternidade.

No momento da morte descobrirás estar perdido tudo o que houveres feito sem referi-lo a Mim e à salvação. Se tão grande é a importância da salvação eterna, lembra-te que o valor da imitação do Meu Coração é proporcionado ao da salvação da tua alma.

Discípulo. Ó Salvação eterna da alma, única coisa que me é sumamente necessária! Por que estou neste mundo, senão para salvar a minha alma? E por que fui resgatado, provido de tantos socorros, cumulado de tantos benefícios divinos, senão para mais fácil e suavemente salvar a minha alma?

Mas, ai de mim! Ainda não comecei seriamente a obra, para a qual me acho neste mundo. Depois de remido, novamente tornei-me vil escravo e pereci, abusando dos meios e benefícios que tão facilmente me poderiam fazer feliz e salvo.

Ó Senhor Deus! Com toda a justiça poderíeis ter permitido que me perdesse eternamente e sofresse perpétuo infortúnio, bem-merecido por minha malícia e pelo abuso de vossos dons. Mas, já que a infinita bondade do vosso Coração assim não permitiu, mas, ao contrário, com novo e maior benefício, incitou-me a apreciar e amar a eterna salvação da minha alma, não serei mais ingrato nem me exporei à perdição eterna. Deliberadamente prometo cooperar com as suavíssimas inspirações de vosso Coração, conducentes à Bem-aventurança e salvação da minha alma. Amém.


Súplica: Coração do meu Jesus, fazei que eu descanse em vosso Coração para sempre.

Prática: Lembrai-vos um pouco durante o dia os principais benefícios recebidos do Coração de Jesus.

Jaculatória: Doce Coração de Jesus, sede meu amor.

Resoluções: Celebrarei devotamente a primeira sexta-feira de cada mês.



Ladainha do Sagrado Coração de Jesus7


Senhor, tende piedade de nós.

Jesus Cristo, tende piedade de nós.

Senhor, tende piedade de nós.


Jesus Cristo, ouvi-nos.

Jesus Cristo, atendei-nos.


Pai Celeste, que sois Deus, tende piedade de nós.

Filho, Redentor do mundo, que sois Deus, tende piedade de nós.

Espírito Santo, que sois Deus, tende piedade de nós.

Santíssima Trindade, que sois Um só Deus, tende piedade de nós.


Coração de Jesus, Filho do Pai eterno, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, formado pelo Espírito Santo no seio da Virgem Mãe, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, unido substancialmente com o Verbo de Deus, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, de Majestade infinita, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, Templo santo de Deus, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, Tabernáculo do Altíssimo, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, Casa de Deus e Porta do Céu, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, Fornalha ardente de caridade, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, Receptáculo de justiça e de amor, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, cheio de bondade e de amor, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, Abismo de todas as virtudes, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, digníssimo de todo o louvor, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, Rei e Centro de todos os corações, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, no qual estão todos os tesouros da sabedoria e ciência, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, no qual habita toda a plenitude da Divindade, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, no qual o Pai pôs toda a complacência, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, de cuja plenitude todos nós recebemos, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, o desejado das Colinas eternas, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, paciente e de muita misericórdia, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, rico para todos os que Vos invocam, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, Fonte de vida e santidade, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, propiciação por nossos pecados, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, saciado de opróbrios, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, esmagado de dor por causa de nossos pecados, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, feito obediente até a morte, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, atravessado pela lança, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, Fonte de toda a consolação, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, nossa vida e ressurreição, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, nossa paz e reconciliação, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, Vítima dos pecadores, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, Salvação dos que em Vós esperam, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, Esperança dos que morrem em Vós, tende piedade de nós.

Coração de Jesus, Delícias de todos os Santos, tende piedade de nós.


Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, perdoai-nos, Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, ouvi-nos, Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, tende piedade de nós.


V. Jesus, manso e humilde de Coração.

R. Fazei o nosso coração semelhante ao vosso.


Oremos: Deus onipotente e sempiterno, olhai o Coração do vosso diletíssimo Filho, e os louvores e reparações que pelos pecadores Vos tem tributado; e aos que invocam vossa misericórdia, Vós, aplacado, sede fácil no perdão, pelo Nome de Jesus Cristo, que conVosco vive e reina pelos séculos dos séculos. R. Amém.


________________________

1.  Concede-se indulgência parcial ao fiel que faça devotamente o Sinal da Cruz, proferindo as palavras costumeiras: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém. (Manual das Indulgências, ob. cit., n. 55).

2.  Manual das Indulgências – Normas e Concessões, Cap. “Outras Concessões” – Concessão 62, p. 72. Editora Paulus, 2ª Edição, São Paulo, 1990.

3.  Indulgência parcial. (Manual das Indulgências, ob. cit., Apêndice).

4.  “Manual das Missões e Devocionário Popular”, por um Padre das Missões, pp. 236-246; 1908.

5.  Pe. J. Croiset, S.J., ob. cit., pp. 81-82.

6.  Rom. 8, 29.

7.  Missal Quotidiano e Vesperal, por Dom Gaspar Lefebvre, O.S.B., pp. 1954-1956; Abbaye de S. André, A.S.B.L. Bruges, Desclée de Brouwer & Cie, Bruges – Bélgica, 1951.


Redes Sociais

Continue Acessando

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...