Blog Católico, para os Católicos

BLOG CATÓLICO, PARA OS CATÓLICOS.

"Uma vez que, como todos os fiéis, são encarregados por Deus do apostolado em virtude do Batismo e da Confirmação, os leigos têm a OBRIGAÇÃO e o DIREITO, individualmente ou agrupados em associações, de trabalhar para que a mensagem divina da salvação seja conhecida e recebida por todos os homens e por toda a terra; esta obrigação é ainda mais presente se levarmos em conta que é somente através deles que os homens podem ouvir o Evangelho e conhecer a Cristo. Nas comunidades eclesiais, a ação deles é tão necessária que, sem ela, o apostolado dos pastores não pode, o mais das vezes, obter seu pleno efeito" (S.S. o Papa Pio XII, Discurso de 20 de fevereiro de 1946: citado por João Paulo II, CL 9; cfr. Catecismo da Igreja Católica, n. 900).

sexta-feira, 25 de setembro de 2020

Novena a Santa Teresinha do Menino Jesus. 4º Dia.

(Para as grandes necessidades)1


Segundo Santa Teresinha, não são precisas muitas e compridas orações, mas devemos rezar com infantil simplicidade e filial confiança. Reza, pois, nove dias consecutivos, a seguinte oração:


Ó Santa Teresinha, alegria do Coração de Jesus, filhinha predileta de Nossa Senhora do Carmo, modelo dos cristãos, caridosa intercessora dos aflitos e atribulados, mais uma vez recorro a vossa proteção, relembrando as vossas consoladoras palavras: “Quero passar o meu Céu empenhada em fazer o bem na terra” e “Depois da minha morte farei cair uma chuva de rosas”. Vinde, pois, em meu socorro, obtende-me de Jesus e Maria a graça de … (dizer o que deseja). Vós, que já atendestes a tantos aflitos, ó caridosa Carmelita, atendei-me também a mim. Ó grande taumaturga dos nossos dias, mostrai-me o amável poder de vossa intercessão perante Deus. Prometo ser-vos agradecido por toda a vida, e o meu melhor agradecimento pela obtenção da suspirada graça consistirá no esforço que hei de fazer para tornar-me semelhante a vós no amor de Deus e do próximo, na abnegação e confiança, de modo que venha a ser um motivo de alegria para Deus e para os homens. Ó Santa Teresinha, ouvi-me! Ó Santa Teresinha, atendei-me! Amém.


Rezar um Pai Nosso e uma Ave Maria.


Sagrado Coração de Jesus, eu confio em Vós!

Nossa Senhora do Carmo, rogai por nós!


(Reza também nos 9 dias a Ladainha e as orações da Missa em honra de Santa Teresinha. Oferece, porém, principalmente, à Santinha, um ato de abnegação. Combate a aversão contra alguém, se a tiveres, ou faz algum bem àquele que julgas ser contra ti ou ter-te prejudicado em alguma coisa. Oferece nos 9 dias a Santa Comunhão com a intenção de obteres a graça que desejas, e, se a obtiveres, sê reconhecido, oferecendo uma Santa Missa e Comunhão em ação de graças)



Lição de Santa Teresinha

para o 4º Dia.


Quão esperto é o mundo, que sabe harmonizar os prazeres terrenos com o serviço de Deus; só não pensa na grande lei da morte. E, no entanto, veio a morte depressa e inesperadamente, e arrebatou, ainda jovens, muitos que conheci no meio das riquezas e da felicidade. Meus pensamentos voltam-se, de vez em quando, para os lugares onde os vi tão felizes, e pergunto a mim mesma: Onde estão eles agora? E que lhes aproveita terem possuído castelos e jardins, e terem podido deleitar-se com todos os gozos da terra? E concluía com as palavras da Escritura: ‘Tudo na terra é vaidade, exceto amar e servir a Deus’.”



Pensamento de Santa Teresinha


Ó Jesus,2 permite-me, na exuberância de minha gratidão, permite-me declarar-Te que Teu amor atinge as raias da loucura… Como queres, diante de tal loucura, que meu coração não se atire ao Teu encontro? Como teria limites minha confiança?… Oh! por Ti, eu sei, os Santos também cometeram loucuras. Grandes coisas fizeram porque eram águias…

Jesus, sou pequenina demais para fazer grandes coisas… Minha loucura consiste em esperar que Teu Amor me aceite como vítima… Minha loucura está em suplicar às águias, minhas irmãs, me obtenham o favor de voar até o Sol do Amor com as próprias asas da Águia Divina...3

Como são diferentes os caminhos pelos quais o Senhor leva as almas! Vemos, na vida dos Santos, como muitos houve que não quiseram deixar nada de si mesmos depois da morte, nem sequer a mínima lembrança, o mínimo escrito. Outros houve, pelo contrário, como nossa Madre Santa Teresa, que enriqueceram a Igreja com suas sublimes revelações, sem receio de revelar os segredos do Rei,4 a fim de que, Ele seja mais conhecido, mais amado pelas almas. Qual das duas categorias de Santos agrada mais ao Bom Deus? Parece-me que Lhe agradam por igual, porque todos seguiram a moção do Espírito Santo, e o Senhor declarou: “Dizei ao justo que tudo lhe sairá bem”.5 Sim, tudo sai bem quando só procuramos a vontade de Jesus. É a razão pela qual eu, pobre florzinha, obedeço à Jesus.6



Ladainha de Santa Teresinha

(para uso privado)


Senhor, tende piedade de nós.

Jesus Cristo, tende piedade de nós.

Senhor, tende piedade de nós.


Jesus Cristo, ouvi-nos.

Jesus Cristo, atendei-nos.


Pai do Céu, que sois Deus, tende piedade de nós.

Filho Redentor do mundo, que sois Deus, tende piedade de nós.

Espírito Santo, que sois Deus, tende piedade de nós.

Santíssima Trindade, que sois um só Deus, tende piedade de nós.


Santa Maria, rogai por nós.

Santa Mãe de Deus, rogai por nós.

Santa Virgem das virgens, rogai por nós.


Santa Teresinha do Menino Jesus e da Sagrada Face, rogai por nós.

Santa Teresinha, esposa predileta do Altíssimo, rogai por nós.

Santa Teresinha, modelo dos neo-comungantes, rogai por nós.

Santa Teresinha, amante da oração, rogai por nós.

Santa Teresinha, humilde adoradora do Santíssimo Sacramento, rogai por nós.

Santa Teresinha, grande veneradora do Sagrado Coração de Jesus, rogai por nós.

Santa Teresinha, dedicada Filha de Maria, rogai por nós.

Santa Teresinha, lírio de pureza, rogai por nós.

Santa Teresinha, rosa de amor, rogai por nós.

Santa Teresinha, violeta de humildade, rogai por nós.

Santa Teresinha, modelo de obediência, rogai por nós.

Santa Teresinha, mestra da santa pobreza, rogai por nós.

Santa Teresinha, abominadora das coisas da terra, rogai por nós.

Santa Teresinha, mestra da fidelidade nas coisas pequenas, rogai por nós.

Santa Teresinha, heroína da mortificação, rogai por nós.

Santa Teresinha, vítima pelos Sacerdotes, rogai por nós.

Santa Teresinha, padroeira dos Missionários e das Missões, rogai por nós.

Santa Teresinha, mártir do amor de Deus, rogai por nós.

Santa Teresinha, modelo de todos os cristãos, rogai por nós.

Santa Teresinha, ornamento da Ordem Carmelitana, rogai por nós.

Santa Teresinha, seráfica filha de Santa Teresa, rogai por nós.

Santa Teresinha, guia das almas pequenas, rogai por nós.

Santa Teresinha, milagrosa intercessora diante do trono de Deus, rogai por nós.

Santa Teresinha, refúgio dos necessitados e dos que sofrem, rogai por nós.


Sede-nos propício, perdoai-nos, Senhor.

Sede-nos propício, ouvi-nos, Senhor.


De todo o mal, livrai-nos, Senhor.

De todo o pecado, livrai-nos, Senhor.

Da cegueira do entendimento, livrai-nos, Senhor.

Da corrupção do coração, livrai-nos, Senhor.

Do amor do mundo, livrai-nos, Senhor.

Do desprezo das graças e inspirações, livrai-nos, Senhor.

Do desejo de sermos honrados e amados, livrai-nos, Senhor.

Do receio de sermos humilhados, esquecidos e desprezados, livrai-nos, Senhor.

Do horror à cruz e da covardia no serviço de Deus, livrai-nos, Senhor.

De tudo que for obstáculo à nossa perfeita união convosco, livrai-nos, Senhor.

Da morte infeliz, livrai-nos, Senhor.

Da eterna condenação, livrai-nos, Senhor.

De todos os inimigos visíveis e invisíveis, livrai-nos, Senhor.

Pelos merecimentos e intercessão de Santa Teresinha do Menino Jesus, livrai-nos, Senhor.


Nós, pecadores, Vos pedimos, ouvi-nos, Senhor.

Que nos ensineis o caminho da infância espiritual, nós Vos pedimos, ouvi-nos, Senhor.

Que aumente sempre nossa confiança em Jesus, nós Vos pedimos, ouvi-nos, Senhor.

Que a ensanguentada Face do Salvador se grave cada vez mais em nossas almas, nós Vos pedimos, ouvi-nos, Senhor.

Que tenhamos horror a todos os pecados, ainda que nos pareçam pequenos ou insignificantes, nós Vos pedimos, ouvi-nos, Senhor.

Que nos deis força e coragem nas tentações, nós Vos pedimos, ouvi-nos, Senhor.

Que perseveremos na fidelidade nas coisas pequenas, nós Vos pedimos, ouvi-nos, Senhor.

Que sejamos fortes e incansáveis em nos sacrificarmos pelo Vosso amor, nós Vos pedimos, ouvi-nos, Senhor.

Que nos queirais dar muitos Sacerdotes santos e zelosos Missionários, nós Vos pedimos, ouvi-nos, Senhor.

Que Vos digneis proteger seus trabalhos com a Vossa poderosa graça, e que por meio deles salveis inúmeras almas, nós Vos pedimos, ouvi-nos, Senhor.

Que Vos digneis unir, santificar e governar todas as dignidades da Igreja e todos os povos da terra, nós Vos pedimos, ouvi-nos, Senhor.

Que todos se tornem dignos da chuva de rosas prometida por Santa Teresinha, nós Vos pedimos, ouvi-nos, Senhor.


Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, perdoai-nos, Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, ouvi-nos, Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, tende piedade de nós.


Jesus Cristo, ouvi-nos.

Jesus Cristo, atendei-nos.

(Rezar um Pai Nosso e uma Ave Maria).


V. Rogai por nós, Santa Teresinha do Menino Jesus.

R. Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.


Oremos


Ó Senhor, que dissestes: “Se não vos tornardes como as crianças, não entrareis no reino dos Céus”, permiti, nós Vo-lo suplicamos, que imitemos de tal maneira a humildade e simplicidade de Vossa serva Santa Teresinha, que mereçamos a recompensa eterna. Por Jesus Cristo, Nosso Senhor. Amém.


______________________

1.  Santa Teresinha do Menino Jesus, Vida e Culto de Santa Teresinha por um Padre Franciscano, Parte II, pp. 138-140 (p. 75, 132-138). Amparo/SP, 1938.

2.  Manuscritos Autobiográficos B, 5v. (À Ir. Maria do Sagrado Coração)

3.  Deut. 32, 11.

4.  Tob. 12, 7.

5.  Is. 3, 10.

6.  Manuscritos Autobiográficos C, 2 v. (À Madre Maria de Gonzaga)


A EUCARISTIA E A MENSAGEM DE JESUS AO MUNDO. 2

DITADA À IRMÃ JOSEFA MENÉNDEZ1


-----------------


Mistério de Amor

para as minhas almas escolhidas


6 de Março de 1923.


Venho descobrir-te (Josefa) o maior Mistério do Amor… do Amor para com minhas Almas escolhidas e consagradas. Começa por beijar a terra…


No momento de instituir a Eucaristia, Eu vi todas as almas privilegiadas que se nutririam do meu Corpo e do meu Sangue, e neles encontrariam, umas, o remédio para a sua fraqueza, outras, o fogo para consumir as suas misérias e inflamá-las de amor…


Todas unidas em um e mesmo fim, elas seriam como um jardim, onde cada uma daria uma flor e Me recrearia com o seu aroma… Eu aqueceria as que necessitassem de calor, e o meu Sagrado Corpo seria um sol vivificador… Eu iria a umas para Me consolar, a outras, em busca de refúgio, a outras ainda, para repousar… Se soubésseis, almas queridas, como é fácil consolar, oferecer um refúgio e dar repouso a um Deus!…”.


E é este mesmo (Deus) que Vos alimenta com o próprio Corpo, e com seu Sangue Vos mata a sede.


Se estais doente, Ele é o Vosso Médico: vinde a Ele e sereis curada. Se tendes frio, vinde, que Vos aquecerá; é Nele que encontrareis o repouso e a felicidade. Portanto, não vos aparteis Dele que é a mesma Vida; e quando Vos pedir que O consoleis, não O magoeis com uma recusa…


Ah! Que amargura quando vi tantas almas, cumuladas de minhas Graças especiais, tornarem-se para Mim objeto de dor! Não sou Eu sempre o mesmo?… Mudei acaso o meu procedimento convosco?… Não, o meu Amor é imutável, e até ao fim dos séculos vos amarei com predileção.


Se estais cercadas de misérias, Eu o sei, e o meu Olhar de ternura nunca se desvia de vós. Ao contrário, espero com ardor que venhais a Mim, não só para aliviar vossas misérias, mas para vos cumular de novos benefícios.


Se vos pedir o vosso amor, não Mo recuseis. É tão fácil amar Aquele que é o mesmo Amor.


Quando exijo uma coisa que custa à vossa natureza, dou-vos ao mesmo tempo graça e força para vos vencerdes.


Para encontrar consolação, Eu vos escolhi a vós. Deixai-Me, pois, entrar em vossa alma; e se nada tendes digno de Mim, dizei humildemente, mas com confiança: Senhor, Vós conheceis as flores e os frutos do meu jardim… Vinde e mostrai-me o que tenho que fazer, para que desde já cresça a flor que desejais.


A alma que assim Me fala, com o desejo sincero de Me provar o seu amor, Eu respondo: Alma querida, se queres que o teu jardim produza a flor de que Eu gosto, deixa que Eu mesmo o cultive… deixa-Me lavrar esta terra… Deixa-Me arrancar hoje estas raízes que Me embaraçam e que tu não tens forças para fazer desaparecer… Se te peço o sacrifício de teus gostos ou do teu caráter… tal ato de caridade, de paciência ou de abnegação... tal prova de zelo, de obediência ou de mortificação, é esse o adubo que revigorará a terra e a fará dar flores e frutos: esta vitória sobre ti mesma, obterá a luz para tal ou tal pecador… aquele incômodo suportado com alegria fará cicatrizar a ferida que ele Me fez, reparará a ofensa e expiará a falta… uma censura recebida sem te alterares ou até com alegria, valerá as almas cegas pelo orgulho a graça de se deixarem penetrar pela luz e de pedirem humildemente perdão.


Se Me deixares a liberdade, Eu farei tudo isso na tua alma. Então crescerão nela as flores rapidamente e tu serás a consolação do meu Coração. Eu procuro esta consolação, e quero encontrá-la nas minhas Almas escolhidas.


“– Senhor! Vós bem sabeis que eu estava decidida a deixar-Vos fazer em mim tudo o que Vos aprouvesse… Mas, cai e desagradei-Vos… não me perdoareis ainda esta vez, a mim tão miserável e que em nada Vos posso servir?…”.


“– Sim, alma querida, as tuas próprias quedas servem para Me consolar. Não desanimes, porque este ato de humildade a que a falta te obrigou, consolou-Me mais que se não tivesses caído. Ânimo, segue avante e deixa-Me trabalhar em ti”.


Eis o que Eu vi no momento de instituir a Santa Eucaristia. O Amor Me inflamava no desejo de ser o Alimento destas almas; porque se ficava entre os homens, não era para viver só com os perfeitos, mas para sustentar os fracos e nutrir os pequeninos. Sou Eu quem os fará crescer e frutificar. Nos seus bons desejos Me consolarei e acharei repouso nas suas misérias…


Mas ai! Não haverá entre estas almas quem Me será objeto de sofrimento?… E perseverarão elas todas?… Eis o grito de dor que sai do meu Coração, o gemido que Eu quero fazer chegar às almas.


Mas por hoje basta. Adeus, Josefa; consolas-Me quando te entregas a Mim num abandono total… Deixa-Me comunicar às almas os meus Segredos, pois não é todos os dias que Eu lhes posso assim falar. Deixa-Me aproveitar os dias da tua vida.


Fonte: "Apelo ao Amor - Mensagem do Coração de JESUS ao Mundo", por Soror Josefa Menéndez, Livro Segundo, Cap. VIII, terça-feira 6 de Março de 1923, pp. 298-300. Segunda Edição, Editora Santa Maria, Rio de Janeiro/RJ, 1953.

____________________________

1A causa da sua Beatificação foi introduzida em Novembro de 1948.


Redes Sociais

Continue Acessando

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...