Blog Católico, para os Católicos

BLOG CATÓLICO, PARA OS CATÓLICOS.

"Uma vez que, como todos os fiéis, são encarregados por Deus do apostolado em virtude do Batismo e da Confirmação, os leigos têm a OBRIGAÇÃO e o DIREITO, individualmente ou agrupados em associações, de trabalhar para que a mensagem divina da salvação seja conhecida e recebida por todos os homens e por toda a terra; esta obrigação é ainda mais presente se levarmos em conta que é somente através deles que os homens podem ouvir o Evangelho e conhecer a Cristo. Nas comunidades eclesiais, a ação deles é tão necessária que, sem ela, o apostolado dos pastores não pode, o mais das vezes, obter seu pleno efeito" (S.S. o Papa Pio XII, Discurso de 20 de fevereiro de 1946: citado por João Paulo II, CL 9; cfr. Catecismo da Igreja Católica, n. 900).

quarta-feira, 14 de julho de 2021

Novena em Honra da Santíssima e Imaculada Virgem Maria do Monte Carmelo. 8º Dia (14/07/2021)

_________


Oitavo Dia

_______


Exposição do Santíssimo Sacramento


Hymnum


Tantum ergo sacramentum

Veneremur cernui;


Et antiquum documentum


Novo cedat ritui;


Praestet fides supplementum


Sensuum defectui.


Genitori Genitoque


Laus et jubilatio;


Salus, honor, virtus quoque,


Sit et benectio;


Procedenti ab utroque


Compar sit laudatio.


Amen.


______



Deprecação


Abri, Senhor, a nossa boca para louvar o vosso Santo Nome; purificai também o nosso coração de todos os pensamentos vãos, perversos e alheios; iluminai o nosso entendimento, inflamai a nossa vontade para que digna, atenta e devotamente possamos exercitar a presente devoção, e merecer ser ouvidos na presença de vossa Divina Majestade. Por Jesus Cristo Nosso Senhor. Amém.


V. A Santa Mãe de Deus e dos Carmelitas seja conosco e sempre nos assista.

R. Amém.


V. Deus, vinde em meu auxílio.

R. Senhor, apressai-vos em socorrer-me.


V. Glória ao Pai, e ao Filho e ao Espírito Santo.

R. Assim como era no princípio, agora e sempre, por todos os séculos dos séculos. Amém.


___________


Invitatório


A Nosso Senhor Jesus Cristo, que se dignou que sua Mãe Santíssima se intitulasse, particularmente, Mãe dos Carmelitas. Vinde, adoremos.

___________



Hino


Virgem que o mundo inteiro venera,

Que a Santa Prole do nevado do Carmo

Por mãe venera, recebe estes nossos cândidos votos.


O nosso Elias divisando a Nuvem

Clamou dizendo: Vede aqui a forma

Da Mãe bendita, da preclara Virgem, Cópia certa.


Não tinha vindo do Celeste Trono

O Verbo Santo, já me protegendo

Te vejo, Nuvem, sendo de meus filhos a Próvida amante.


Também primeiro que este mundo deixes,

Um Templo Santo minha grata prole

Há de erigir-te por sinal do nosso íntimo afeto.


Do nosso Monte, rogo, não te afastes,

Mas sempre orvalha flores que cultivo;

O jardim cresça, até que teus altares floridos fiquem.


Dê-se honra ao Pai, ao Divino Filho,

A quem procede juntamente de ambos:

À Virgem Santa dê-se em todo o mundo, cânticos eternos. Amém.



Meditação


Maria Santíssima Promete o seu Especial Patrocínio,

Aqueles que se Acham Dignamente Revestidos do seu

Escapulário, para que Morram na Graça de Deus.


CORRESPONDÊNCIA À MESMA GRAÇA


I


Não satisfeita a excelsa Protetora do Carmelo de haver vinculado no Santo Escapulário a promessa de defender aqueles que dele se acham devotamente revestidos nos perigos da vida, extremou também sua caridade e zelo para com eles, prometendo-lhes o seu muito especial auxílio na hora da morte para os preservar do fogo inextinguível do Inferno – Quem morrer, disse, coberto com esta roupagem de salvação não sofrerá o fogo eterno.


Os Santos Padres e mestres insignes da sabedoria cristã, jamais vacilaram em atribuir à intercessão da Mãe de Deus a mais prodigiosa eficácia – tudo pode, dizem, aquela que pode abrir o coração, até mesmo dos desesperados, à doce e salvadora esperança, obter o perdão para os réus dos mais enormes crimes e abrandar os pecadores os mais endurecidos; porque os tesouros da divina misericórdia estão em suas mãos; é ao mesmo tempo Mãe do nosso Juiz e nossa Mãe amorosíssima. Ela se apresenta ante o áureo altar da glória para verificar a nossa reconciliação com Deus como Rainha autorizada e não à guisa de escrava suplicante.


Prodígios luminosos de que dão fé as histórias eclesiásticas certificam a exatidão dessas autorizadas asserções; quanto não poderíamos dizer acerca da eficácia do Patrocínio de Maria? Não é todavia à virtude do prodígio que a Virgem Soberana confia comumente a sorte eterna dos seus protegidos. No curso ordinário da graça conta com poderosos recursos para lhes proporcionar a perseverança no bem até a hora derradeira. Para este fim, dirige piedosa os seus maternais desvelos. Pensamentos salutares, toques especiais da graça, práticas piedosas peculiares às santas associações consagradas à sua honra e mais centenas e centenas de outros meios valiosos emprega esta Mãe de misericórdia e de vida para conduzir os seus fiéis devotos pela vereda da virtude ao termo da vida eterna.


Por isso, dizia São Boaventura: Que aquele que honra e serve fielmente a Virgem se há de salvar.


Agora atende, ó minha alma; essa que tu chamas com especialidade tua Mãe e que é por uma certa duplicação deste caráter e qualidade, é ao mesmo tempo Mãe da divina graça e autorizada tesoureira da mesma. Bem te tem dado a entender isso mesmo. Ela te revestiu, mais previdente do que a mulher forte, com a dobrada veste do seu sagrado Escapulário, místico preservativo do gelo mortífero da culpa e até dos rigores da divina justiça, prometendo-te que nem mesmo na noite da morte se apagará em sua mão bendita, a tocha da sua maternal vigilância. Que mais podia Maria Santíssima fazer pela sua mística Vinha, que não tenha feito?


Porventura penetras, ó minha alma, as amorosas intenções e piedoso intuito de tua Mãe Celeste?


Serás por acaso daqueles que afirmam que a promessa de Maria Santíssima, assunto da presente meditação, nada significa se não assegura morte semelhante à dos justos, até mesmo aos pecadores mais refratários à graça? Se tal afirmasses, tua ingratidão teria chegado ao cúmulo.


Maria não promete a salvação para animar aos alucinados por uma vã e mal entendida esperança, mas o seu patrocínio especialíssimo significa alguma coisa e até muito mais, além da proteção genérica e normal, que dispensa ao comum dos fiéis; e esta proteção especialíssima, tua Mãe amantíssima te promete e te outorgará, contanto que não te empenhes em destruir seus benéficos efeitos.


II


Graças vos dou, Mãe amabilíssima, pelos cuidados e desvelo que exercitais em benefício da minha salvação eterna. Quão ingrato serei se não lhes corresponder! Quão infeliz se chego a me desprender de vossa mão benéfica, a qual, pelo caminho das virtudes, me quer conduzir ao gozo da eterna salvação!


A graça, ó minha alma, reclama a nossa correspondência para atingir aos fins da nossa santificação e salvação eterna.


O exímio Simão Stock anunciando aos seus irmãos Carmelitas a recepção do sagrado Escapulário, exorta-os a que procurem tornar efetiva em si próprios a promessa consoladora da celeste doadora, por meio do exercício contínuo das boas obras.


Oh! Quanto Maria nos facilita esse tão necessário exercício! A vestimenta sagrada, prova irrefragável do seu amor, enobrece sobremodo; sendo constante opinião, que a nobreza e o amor são um forte estímulo para as ações dignas e generosas.


A multidão de seus favores, cadeia mística na qual fica preso todo o coração bem nascido, te incita suavemente a corresponder-lhe por meio do teu bom comportamento cristão, que é o modo pelo qual Ela quer que lhe correspondas.


Aplaina-te e facilita a senda da virtude com as práticas santas a que dá motivo a devoção do seu sagrado Escapulário e que são leis reguladoras de sua santa Irmandade.


São na verdade deleitáveis, seguros e pacíficos os caminhos que Maria Santíssima nos abre por meio do seu florido Carmelo.


Neles se percebe o grato aroma da santidade, a presença de Maria faz-se sentir suave e consoladora, ouve-se a sua doce voz que avisa o caminhante da proximidade do perigo, e lhe é dado restabelecer as suas forças com o néctar da esperança na especial proteção que Maria Santíssima prometeu.


Deixa-te, pois, ó minha alma, conduzir pela mão da tua boa Mãe pela senda da virtude; ou antes, deixa-te prender no laço salutar do sagrado Escapulário.


São doces, como a respeito da Sabedoria se diz no Eclesiástico, as prisões com que Maria te conserva sujeito sem te rebaixar e para te conter no bem. – Seus cepos ser-te-ão fortaleza e defesa; e suas prisões são cadeias de salvação.


Ó minha doce Mãe! O vosso zelo pela minha salvação é tão grande, que bem posso exclamar, que Vós colocastes a minha alma em direção à vida, e piedosa me quereis evitar todo o tropeço no caminho da virtude.


À honra imortal que me concedestes revestindo-me de vossa libré sagrada, juntastes os auxílios e virtudes de vosso especial Patrocínio, para me preservar da morte eterna e do fogo inextinguível. Possa eu corresponder aos vossos desvelos, secundando os impulsos da graça de Deus, amando-O sobre todas as coisas e depois d’Ele a Vós.


Agora, toca a Vós alcançar-me do Altíssimo poder perseverar no seu amor até a morte; de Vós espero este favor que porá o selo aos vossos inumeráveis favores.


Ó Maria, esperança minha! Vós haveis de me salvar. Amém.



Oração Especial para este Dia


Ó Virgem do Carmo, Maria Santíssima, que oferecestes a vossa especial assistência na hora da morte, àqueles que se acham devotamente revestidos do vosso Escapulário, para que consigam por meio de uma verdadeira penitência, sair desta vida em graça de Deus e livrar-se das horríveis penas do Inferno. Rogo-Vos, Senhora, que me assistais e consoleis na hora da minha morte, alcançando-me uma verdadeira e perfeita penitência e contrição de todos os meus pecados, abrasado em amor de Deus e em desejo de vê-lO e gozá-lO, para que minha alma não se perca nem se condene, até que, livre de toda a culpa chegue com segurança às delícias do Carmelo da Glória. E agora consiga da Majestade divina o que nesta Novena peço, especialmente, pela vossa intercessão, pois isso mesmo, Senhora, Vos suplico com toda a humildade e confiança. Amém.


* Depois da Meditação e Oração, canta-se as jaculatórias alternadamente com o povo, e reza-se o Pai Nosso, a Ave Maria e o Glória ao Pai no fim de cada jaculatória:


Senhora do Carmo

Mãe dos Carmelitas

Socorrei as almas

Que vivem aflitas.


1º – Pai Nosso, Ave Maria e Glória ao Pai.


Senhora do Carmo

Oh! Virgem Maria!

Vinde em meu socorro

Na última agonia!


2º – Pai Nosso, Ave Maria e Glória ao Pai.


No transe horrendo da morte

Valei-nos compadecida,

A fim de com vosso Filho,

Gozarmos da eterna vida.


3º – Pai Nosso, Ave Maria e Glória ao Pai.


*Findo o cântico, a música entoa e o povo repete a seguinte


Jaculatória


Por Maria assunta à glória tão subida

É a Deus Trino e Uno a honra só devida!


* Depois entoa-se a



Ladainha da Santíssima Virgem

(Segundo o Breviário da Sacrossanta Ordem Carmelitana)


Senhor, tende piedade de nós.

Jesus Cristo, tende piedade de nós.

Senhor, tende piedade de nós.


Jesus Cristo, ouvi-nos.

Jesus Cristo, atendei-nos.


Pai celeste que sois Deus, tende piedade de nós.

Filho, Redentor do mundo, que sois Deus, tende piedade de nós.

Espírito Santo, que sois Deus, tende piedade de sois.

Santíssima Trindade, que sois um só Deus, tende piedade de nós.


Santa Maria, rogai por nós.

Santa Mãe de Deus, rogai por nós.

Santa Virgem das virgens, rogai por nós.


Mãe de Jesus Cristo, rogai por nós.

Mãe da Igreja, rogai por nós.

Mãe da divina graça, rogai por nós.

Mãe puríssima, rogai por nós.

Mãe castíssima, rogai por nós.

Mãe imaculada, rogai por nós.

Mãe intacta, rogai por nós.

Mãe amável, rogai por nós.

Mãe admirável, rogai por nós.

Mãe do Bom Conselho, rogai por nós.

Mãe do Criador, rogai por nós.

Mãe do Salvador, rogai por nós.

Mãe e Decoro do Carmelo, rogai por nós.


Virgem prudentíssima, rogai por nós.

Virgem venerável, rogai por nós.

Virgem louvável, rogai por nós.

Virgem poderosa, rogai por nós.

Virgem clemente, rogai por nós.

Virgem fiel, rogai por nós.

Virgem Flor do Carmelo, rogai por nós.


Espelho de Justiça, rogai por nós.

Sede da Sabedoria, rogai por nós.

Causa da nossa alegria, rogai por nós.

Vaso espiritual, rogai por nós.

Vaso honorífico, rogai por nós.

Vaso insigne de devoção, rogai por nós.

Rosa mística, rogai por nós.

Torre de Davi, rogai por nós.

Torre de marfim, rogai por nós.

Casa de ouro, rogai por nós.

Arca da aliança, rogai por nós.

Porta do céu, rogai por nós.

Estrela da manhã, rogai por nós.

Saúde dos enfermos, rogai por nós.

Refúgio dos pecadores, rogai por nós.

Consoladora dos aflitos, rogai por nós.

Auxílio dos cristãos, rogai por nós.

Padroeira dos Carmelitas, rogai por nós.


Rainha dos Anjos, rogai por nós.

Rainha dos Patriarcas, rogai por nós.

Rainha dos Profetas, rogai por nós.

Rainha dos Apóstolos, rogai por nós.

Rainha dos Mártires, rogai por nós.

Rainha dos Confessores, rogai por nós.

Rainha das Virgens, rogai por nós.

Rainha de Todos os Santos, rogai por nós.

Rainha concebida sem Pecado Original, rogai por nós.

Rainha elevada ao céu, rogai por nós.

Rainha do sacratíssimo Rosário, rogai por nós.

Rainha da paz, rogai por nós.

Esperança de Todos os Carmelitas, rogai por nós.


Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, perdoai-nos Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, ouvi-nos Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, tende piedade de nós.


V. Rogai por nós, Santa Mãe de Deus.

R. Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.


Oremos: Senhor Deus, nós Vos suplicamos, que concedais aos Vossos servos, perpétua saúde de alma e de corpo; e que, pela gloriosa intercessão da Bem-aventurada sempre Virgem Maria, sejamos livres da presente tristeza e gozemos da eterna alegria. Por Cristo Nosso Senhor.


Amém.



Antífona


Esta é na verdade a mais prudente e formosa Abigail Carmelita, cuja cabeça se assemelha ao Carmo, e as suas mãos nos introduziram na terra do Carmelo para comermos o seu fruto e participarmos do que tem de mais delicioso. Aleluia.


V. Formosura do Carmo, Mãe dos Carmelitas.

R. Rogai por nós à Trindade Santíssima.


Oremos: Deus, que condecoraste a Ordem do Carmo com o singular título da Bem-aventurada Virgem Maria vossa Mãe, concedei propício que nós que agora nos preparamos à sua solene comemoração, fortalecidos com os seus auxílios, mereçamos gozar as eternas alegrias, em que viveis e reinais por todos os séculos dos séculos.


R. Amém.


* Depois disto a música entoa para a adoração do Santíssimo Sacramento:


Verbum caro, Panem verum;

Verbo Carnem efficit;

Fitque sanguis Christi merum;

Et si sensus deficit,

Ad firmandum cor sincerum;

Sola fides sufficit.


V. Panem de coelo praestitisti eis.

R. Omne delectamentum in se habentem.


Oremus: Deus, qui nobis sub Sacramento mirabili passionis tuae memoriam reliquisti: tribue, quaesumus; ita nos corporis et sanguinis tui sacra mysteria venerari ut redemptionis tuae fructum in nobis jugiter sentiamus. Qui vivis et regnas in saecula saeculorum.


R. Amen.


* Segue-se a bênção com o Santíssimo Sacramento, finda a qual a música entoa e o povo responde as seguintes:



Jaculatórias finais


A vossa despedida, Senhora, já padeço:

Mas da vossa união não me despeço!


O curar saudades somente o facilita

A presença visual vossa, oh! Mãe bendita!


Gozar para sempre essa Divina Face,

Por Vós espero eu – Visão vivace!


V. A Virgem Sagrada seja nossa Advogada.

R. Amém.


Redes Sociais

Continue Acessando

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...