Blog Católico, para os Católicos

BLOG CATÓLICO, PARA OS CATÓLICOS.

"Uma vez que, como todos os fiéis, são encarregados por Deus do apostolado em virtude do Batismo e da Confirmação, os leigos têm a OBRIGAÇÃO e o DIREITO, individualmente ou agrupados em associações, de trabalhar para que a mensagem divina da salvação seja conhecida e recebida por todos os homens e por toda a terra; esta obrigação é ainda mais presente se levarmos em conta que é somente através deles que os homens podem ouvir o Evangelho e conhecer a Cristo. Nas comunidades eclesiais, a ação deles é tão necessária que, sem ela, o apostolado dos pastores não pode, o mais das vezes, obter seu pleno efeito" (S.S. o Papa Pio XII, Discurso de 20 de fevereiro de 1946: citado por João Paulo II, CL 9; cfr. Catecismo da Igreja Católica, n. 900).

segunda-feira, 28 de setembro de 2020

Novena a Santa Teresinha do Menino Jesus. 7º Dia.

(Para as grandes necessidades)1


Segundo Santa Teresinha, não são precisas muitas e compridas orações, mas devemos rezar com infantil simplicidade e filial confiança. Reza, pois, nove dias consecutivos, a seguinte oração:


Ó Santa Teresinha, alegria do Coração de Jesus, filhinha predileta de Nossa Senhora do Carmo, modelo dos cristãos, caridosa intercessora dos aflitos e atribulados, mais uma vez recorro a vossa proteção, relembrando as vossas consoladoras palavras: “Quero passar o meu Céu empenhada em fazer o bem na terra” e “Depois da minha morte farei cair uma chuva de rosas”. Vinde, pois, em meu socorro, obtende-me de Jesus e Maria a graça de … (dizer o que deseja). Vós, que já atendestes a tantos aflitos, ó caridosa Carmelita, atendei-me também a mim. Ó grande Taumaturga dos nossos dias, mostrai-me o amável poder de vossa intercessão perante Deus. Prometo ser-vos agradecido por toda a vida, e o meu melhor agradecimento pela obtenção da suspirada graça consistirá no esforço que hei de fazer para tornar-me semelhante a vós no amor de Deus e do próximo, na abnegação e confiança, de modo que venha a ser um motivo de alegria para Deus e para os homens. Ó Santa Teresinha, ouvi-me! Ó Santa Teresinha, atendei-me! Amém.


Rezar um Pai Nosso e uma Ave Maria.


Sagrado Coração de Jesus, eu confio em Vós!

Nossa Senhora do Carmo, rogai por nós!


(Reza também nos 9 dias a Ladainha e as orações da Missa em honra de Santa Teresinha. Oferece, porém, principalmente, à Santinha, um ato de abnegação. Combate a aversão contra alguém, se a tiveres, ou faz algum bem àquele que julgas ser contra ti ou ter-te prejudicado em alguma coisa. Oferece nos 9 dias a Santa Comunhão com a intenção de obteres a graça que desejas, e, se a obtiveres, sê reconhecido, oferecendo uma Santa Missa e Comunhão em ação de graças)



Lição de Santa Teresinha

para o 7º Dia.


A silenciosa visita ao Santíssimo Sacramento era a minha única consolação. Pois não era Jesus meu amigo e confidente?… Só diante Dele sabia achar palavras que me alegravam e desoprimiam o coração, ao passo que a conversação com as criaturas, conquanto piedosas e edificantes, cansavam e oprimiam minha alma”.



Pensamento de Santa Teresinha

Jesus é um tesouro escondido,2 um bem inestimável que poucas pessoas sabem encontrar, porque Ele está escondido e o mundo gosta do que brilha. Ah! Se Jesus tivesse querido mostrar-Se a todas as almas com os Seus dons inefáveis, sem dúvida, nem uma só O teria repelido; mas Ele não quer que O amemos pelos Seus dons. É Ele mesmo que deve ser nossa recompensa. Para encontrar uma coisa escondida, é preciso esconder-se também;3 a nossa vida deve ser pois um mistério! É necessário parecermo-nos com Jesus, cujo rosto4 estava velado...5

O que não será quando recebermos a Comunhão na eterna mansão do Rei dos Céus?… Veremos, então, que já não se acabará a nossa alegria, que já não haverá tristeza de separação, e que, para levar uma lembrança, não nos será preciso picar furtivamente as paredes santificadas pela Presença divina, pois que Sua casa será a nossa por toda a eternidade. Ele não nos quer dar Sua casa na terra. Contenta-Se em no-la mostrar, para que nos faça amar a pobreza e a vida oculta. Aquela que nos reserva é Seu Palácio na glória, onde já não O veremos, oculto, na aparência de uma criança ou de uma Hóstia branca, mas tal qual é, na força de Seu infinito resplendor!6

Meu Bem-Amado, Teu exemplo me convida a me abaixar para desprezar a honra; eu quero ficar pequenina para Te agradar e me esquecendo encantarei Teu Coração.

Minha paz está na solidão, e nada mais Te peço. Agradar-Te é minha única ambição, e minha felicidade és Tu, Jesus!

Tu, o grande deus que o universo adora, Tu vens a mim, prisioneiro dia e noite; Tua doce voz a cada instante me implora, e repetes: “Tenho sede! Tenho sede de amor!...”7

Meu Céu é atrair sobre a Igreja bendita, sobre a França culpada e sobre cada pecador, a graça da qual jorra esse belo rio de vida cuja fonte encontro, Jesus, no Teu Amor.

Tudo posso obter quando, no Santuário, falo coração a Coração com meu Rei; enfim, esta doce oração, ao pé do Teu Sacrário, eis o Céu para mim!8



Ladainha de Santa Teresinha

(para uso privado)


Senhor, tende piedade de nós.

Jesus Cristo, tende piedade de nós.

Senhor, tende piedade de nós.


Jesus Cristo, ouvi-nos.

Jesus Cristo, atendei-nos.


Pai do Céu, que sois Deus, tende piedade de nós.

Filho Redentor do mundo, que sois Deus, tende piedade de nós.

Espírito Santo, que sois Deus, tende piedade de nós.

Santíssima Trindade, que sois um só Deus, tende piedade de nós.


Santa Maria, rogai por nós.

Santa Mãe de Deus, rogai por nós.

Santa Virgem das virgens, rogai por nós.


Santa Teresinha do Menino Jesus e da Sagrada Face, rogai por nós.

Santa Teresinha, esposa predileta do Altíssimo, rogai por nós.

Santa Teresinha, modelo dos neo-comungantes, rogai por nós.

Santa Teresinha, amante da oração, rogai por nós.

Santa Teresinha, humilde adoradora do Santíssimo Sacramento, rogai por nós.

Santa Teresinha, grande veneradora do Sagrado Coração de Jesus, rogai por nós.

Santa Teresinha, dedicada Filha de Maria, rogai por nós.

Santa Teresinha, lírio de pureza, rogai por nós.

Santa Teresinha, rosa de amor, rogai por nós.

Santa Teresinha, violeta de humildade, rogai por nós.

Santa Teresinha, modelo de obediência, rogai por nós.

Santa Teresinha, mestra da santa pobreza, rogai por nós.

Santa Teresinha, abominadora das coisas da terra, rogai por nós.

Santa Teresinha, mestra da fidelidade nas coisas pequenas, rogai por nós.

Santa Teresinha, heroína da mortificação, rogai por nós.

Santa Teresinha, vítima pelos Sacerdotes, rogai por nós.

Santa Teresinha, padroeira dos Missionários e das Missões, rogai por nós.

Santa Teresinha, mártir do amor de Deus, rogai por nós.

Santa Teresinha, modelo de todos os cristãos, rogai por nós.

Santa Teresinha, ornamento da Ordem Carmelitana, rogai por nós.

Santa Teresinha, seráfica filha de Santa Teresa, rogai por nós.

Santa Teresinha, guia das almas pequenas, rogai por nós.

Santa Teresinha, milagrosa intercessora diante do trono de Deus, rogai por nós.

Santa Teresinha, refúgio dos necessitados e dos que sofrem, rogai por nós.


Sede-nos propício, perdoai-nos, Senhor.

Sede-nos propício, ouvi-nos, Senhor.


De todo o mal, livrai-nos, Senhor.

De todo o pecado, livrai-nos, Senhor.

Da cegueira do entendimento, livrai-nos, Senhor.

Da corrupção do coração, livrai-nos, Senhor.

Do amor do mundo, livrai-nos, Senhor.

Do desprezo das graças e inspirações, livrai-nos, Senhor.

Do desejo de sermos honrados e amados, livrai-nos, Senhor.

Do receio de sermos humilhados, esquecidos e desprezados, livrai-nos, Senhor.

Do horror à cruz e da covardia no serviço de Deus, livrai-nos, Senhor.

De tudo que for obstáculo à nossa perfeita união convosco, livrai-nos, Senhor.

Da morte infeliz, livrai-nos, Senhor.

Da eterna condenação, livrai-nos, Senhor.

De todos os inimigos visíveis e invisíveis, livrai-nos, Senhor.

Pelos merecimentos e intercessão de Santa Teresinha do Menino Jesus, livrai-nos, Senhor.


Nós, pecadores, Vos pedimos, ouvi-nos, Senhor.

Que nos ensineis o caminho da infância espiritual, nós Vos pedimos, ouvi-nos, Senhor.

Que aumente sempre nossa confiança em Jesus, nós Vos pedimos, ouvi-nos, Senhor.

Que a ensanguentada Face do Salvador se grave cada vez mais em nossas almas, nós Vos pedimos, ouvi-nos, Senhor.

Que tenhamos horror a todos os pecados, ainda que nos pareçam pequenos ou insignificantes, nós Vos pedimos, ouvi-nos, Senhor.

Que nos deis força e coragem nas tentações, nós Vos pedimos, ouvi-nos, Senhor.

Que perseveremos na fidelidade nas coisas pequenas, nós Vos pedimos, ouvi-nos, Senhor.

Que sejamos fortes e incansáveis em nos sacrificarmos pelo Vosso amor, nós Vos pedimos, ouvi-nos, Senhor.

Que nos queirais dar muitos Sacerdotes santos e zelosos Missionários, nós Vos pedimos, ouvi-nos, Senhor.

Que Vos digneis proteger seus trabalhos com a Vossa poderosa graça, e que por meio deles salveis inúmeras almas, nós Vos pedimos, ouvi-nos, Senhor.

Que Vos digneis unir, santificar e governar todas as dignidades da Igreja e todos os povos da terra, nós Vos pedimos, ouvi-nos, Senhor.

Que todos se tornem dignos da chuva de rosas prometida por Santa Teresinha, nós Vos pedimos, ouvi-nos, Senhor.


Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, perdoai-nos, Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, ouvi-nos, Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo, tende piedade de nós.


Jesus Cristo, ouvi-nos.

Jesus Cristo, atendei-nos.

(Rezar um Pai Nosso e uma Ave Maria).


V. Rogai por nós, Santa Teresinha do Menino Jesus.

R. Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.


Oremos


Ó Senhor, que dissestes: “Se não vos tornardes como as crianças, não entrareis no reino dos Céus”, permiti, nós Vo-lo suplicamos, que imitemos de tal maneira a humildade e simplicidade de Vossa serva Santa Teresinha, que mereçamos a recompensa eterna. Por Jesus Cristo, Nosso Senhor. Amém.


______________________

1.  Santa Teresinha do Menino Jesus, Vida e Culto de Santa Teresinha por um Padre Franciscano, Parte II, pp. 138-140 (p. 76, 132-138). Amparo/SP, 1938.

2.  Mat. 13, 44.

3.  São João da Cruz, Cântico Espiritual, estrofe 1, 9, Obras Completas.

4.  Is. 53, 3.

5.  Carta 124.

6.  Manuscritos Autobiográficos A, 60. (À Madre Inês)

7.  Poesia 18, 6.7.8.

8.  Poesia 19, 2.


A EUCARISTIA E A MENSAGEM DE JESUS AO MUNDO. 3

DITADA À IRMÃ JOSEFA MENÉNDEZ1


-----------------


Mistério de Amor Desprezado


7 de Março de 1923.


Escreve o que o meu Coração sofreu naquela hora em que, não podendo conter o fogo que Me consome, inventei esta maravilha de Amor que é a Eucaristia. Ao contemplar então todas as almas que se alimentariam deste Pão divino, vi ao mesmo tempo as ingratidões de tantas almas consagradas… de tantos Padres… E que sofrimento para o meu Coração!… Vi estas almas esfriarem… abandonarem-se à rotina… e mais do que à rotina… ao relaxamento, ao tédio e, pouco a pouco, à tibieza!…


Entretanto, Eu estou toda a noite no tabernáculo e espero esta alma… Desejo com ardor que ela Me venha receber… Me fale com a confiança de uma esposa… Me exponha as suas penas, as suas tentações, os seus sofrimentos… que Me peça conselho e implore as graças de que precisa para si e para os outros… Talvez que tenha a seu cuidado ou na família almas que estão em perigo e longe de Mim… ‘– Vem – lhe digo Eu – fala-Me de tudo com toda a confiança… Interessa-te pelos pecadores… Oferece-te para reparar… Dize-Me que hoje não Me deixarás só… Depois, pergunta a meu Coração se não deseja mais alguma coisa para O consolar…’.


Eis o que Eu esperava desta alma, como de muitas outras… Mas quando ela Me recebe, mal me diz uma palavra… Está distraída, enfadada, contrariada… suas ocupações a absorvem… sua família a inquieta… as pessoas de suas relações a consomem… a sua saúde a preocupa… Não sabe que Me dizer… está fria, aborrece-se… acha que já se demorou demais…


Sim, Eu esperava-a para nela repousar e aliviar as suas inquietações… Havia-lhe preparado novas graças: ela nem sequer as deseja… nada Me pede, nem conselho, nem força… apenas se queixa, e sem mesmo as dirigir a Mim… Parece que veio apenas para cumprir uma formalidade ou seguir um costume, e porque nenhuma falta grave a impedia. Mas não é o amor que a move, nem o verdadeiro desejo de se unir a Mim. Não, esta alma não tem as delicadezas que o meu Coração esperava do seu.


E este Padre?… Ah! Como exprimir o que Eu espero de cada um dos meus Padres… Revesti-os do meu Poder para que perdoassem às almas… Pus-Me à sua disposição: à sua palavra desço do Céu à terra… Abandono-Me entre as suas mãos para ser fechado no tabernáculo ou dado na Comunhão… Eles são, por assim dizer, os meus despenseiros… Entrego-lhes, enfim, as almas, para que com a sua pregação, direção e sobretudo o seu exemplo, as guiem e conduzam pela senda da virtude.


Respondem eles todos a este chamamento?… Cumprem todos esta missão de Amor?… Hoje, ao altar, saberá o meu Padre confiar-Me as almas de que o encarreguei? Reparar as ofensas que recebo e de que ele é confidente?… Pedir-Me a força para se desempenhar santamente do seu Ministério?… o zelo para trabalhar na salvação das almas?… Saberá ele hoje renunciar-se mais do que ontem?… Dar-Me-á ele o amor que Eu espero?… e poderei repousar nele como no meu Discípulo predileto?…


Ah! Que dor aguda para o meu Coração, ver-Me forçado a dizer: ‘As almas do mundo ferem as minhas Mãos e os meus Pés e mancham o meu Rosto… mas minhas Almas escolhidas, minhas Esposas, os meus Padres, despedaçam e dilaceram o meu Coração…’ Quantos Padres, depois de terem dado a graça a muitas almas, não estão eles próprios em pecado mortal!. Quantos celebram assim, Me recebem assim… vivem e morrem assim!…


Esta foi a dor que Me trespassou no momento da Ceia, quando vi entre os Doze o primeiro Apóstolo infiel… e, depois dele, tantos e tantos outros seguirem-no pelo decurso dos séculos!…


A Eucaristia é a invenção do Amor. Ela é a vida e a força das almas, o Remédio para todas as fraquezas, o Viático para a passagem do tempo à eternidade. Os pecadores encontram nela a vida de suas almas… os tíbios, o verdadeiro calor… os fervorosos, o repouso e a dilatação dos seus desejos… os perfeitos, as asas para subirem à perfeição… as almas puras, o mel dulcíssimo de que fazem o seu alimento mais delicado.


É na Eucaristia que as almas consagradas fixam a sua morada, o seu amor e a sua vida…”.


_________________________

1A causa da sua Beatificação foi introduzida em Novembro de 1948.

Redes Sociais

Continue Acessando

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...