Blog Católico, para os Católicos

BLOG CATÓLICO, PARA OS CATÓLICOS.

"Uma vez que, como todos os fiéis, são encarregados por Deus do apostolado em virtude do Batismo e da Confirmação, os leigos têm a OBRIGAÇÃO e o DIREITO, individualmente ou agrupados em associações, de trabalhar para que a mensagem divina da salvação seja conhecida e recebida por todos os homens e por toda a terra; esta obrigação é ainda mais presente se levarmos em conta que é somente através deles que os homens podem ouvir o Evangelho e conhecer a Cristo. Nas comunidades eclesiais, a ação deles é tão necessária que, sem ela, o apostolado dos pastores não pode, o mais das vezes, obter seu pleno efeito" (S.S. o Papa Pio XII, Discurso de 20 de fevereiro de 1946: citado por João Paulo II, CL 9; cfr. Catecismo da Igreja Católica, n. 900).

quarta-feira, 23 de junho de 2021

Invocações Piedosas a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.


Mãe Nossa do Perpétuo Socorro, Mulher bendita, que achastes graça diante de Deus, socorrei-nos.

Mãe Nossa do Perpétuo Socorro, Mãe espiritual das nossas almas, socorrei-nos.

Mãe Nossa do Perpétuo Socorro, Mãe do belo amor, socorrei-nos.

Mãe Nossa do Perpétuo Socorro, que nos amastes a ponto de sacrificar por nós o vosso Filho único, socorrei-nos.

Mãe Nossa do Perpétuo Socorro, que cooperastes para a nossa salvação, pelo merecimento das vossas dores, socorrei-nos.

Mãe Nossa do Perpétuo Socorro, em cujas mãos Deus pôs todo o preço da Redenção, socorrei-nos.

Mãe Nossa do Perpétuo Socorro, a quem nunca demais poderíamos chamar Mãe nossa, socorrei-nos.

Mãe Nossa do Perpétuo Socorro, a quem Deus criou como um atrativo para ganhar os pecadores, socorrei-nos.

Mãe Nossa do Perpétuo Socorro, que sois a roubadora dos corações, socorrei-nos.

Mãe Nossa do Perpétuo Socorro, que venceis em amor todas as mães juntas, socorrei-nos.

Mãe Nossa do Perpétuo Socorro, que sois a medianeira de paz entre Deus e os homens, socorrei-nos.

Mãe Nossa do Perpétuo Socorro, que sois Onipotente, em virtude da Onipotência de vosso Filho, socorrei-nos.

Mãe Nossa do Perpétuo Socorro, que sois a Dispensadora dos tesouros do Coração de Jesus, socorrei-nos.

Mãe Nossa do Perpétuo Socorro, que não podeis ver as nossas misérias sem que Vos compadeçais delas, socorrei-nos.

Mãe Nossa do Perpétuo Socorro, que sois imensamente rica em misericórdia, socorrei-nos.

Mãe Nossa do Perpétuo Socorro, que nunca repelis a quem Vos implora, socorrei-nos.

Mãe Nossa do Perpétuo Socorro, que rogais continuamente por nós a vosso divino Filho, socorrei-nos.

Mãe Nossa do Perpétuo Socorro, que gozais o privilégio de ser sempre atendida pelo vosso Filho, socorrei-nos.

Mãe Nossa do Perpétuo Socorro, que alcançais o perdão para todo o pecador que a Vós recorre, socorrei-nos.

Mãe Nossa do Perpétuo Socorro, cuja invocação é um meio seguro de vencer todos os assaltos do Inferno, socorrei-nos.

Mãe Nossa do Perpétuo Socorro, que consolais nas suas aflições a todos os que confiam em Vós, socorrei-nos.

Mãe Nossa do Perpétuo Socorro, que sois o nosso refúgio seguro em todos os perigos da vida, socorrei-nos.

Mãe Nossa do Perpétuo Socorro, que sois o nosso alívio em todas as dores, socorrei-nos.

Mãe Nossa do Perpétuo Socorro, que tendes favores especiais para os fiéis imitadores da vossa castidade, socorrei-nos.

Mãe Nossa do Perpétuo Socorro, que abrasais no amor divino todos os que Vos amam, socorrei-nos.

Mãe Nossa do Perpétuo Socorro, que não cessais de tratar do grande negócio da nossa salvação, socorrei-nos.

Mãe Nossa do Perpétuo Socorro, que sois, depois de Deus, a minha única esperança, socorrei-nos.

Mãe Nossa do Perpétuo Socorro, em quem se deve esperar ainda quando não haja mais esperança, socorrei-nos.

Mãe Nossa do Perpétuo Socorro, que prometeis perseverança a todos os que Vos servem fielmente, socorrei-nos.

Mãe Nossa do Perpétuo Socorro, que sois a consoladora dos moribundos, socorrei-nos.

Mãe Nossa do Perpétuo Socorro, que aliviais e livrais as Almas do Purgatório, socorrei-nos.

Mãe Nossa do Perpétuo Socorro, que prometeis a vida eterna aos que Vos fazem conhecer e amar dos outros, socorrei-nos.

Mãe Nossa do Perpétuo Socorro, grande Soberana do Céu e da terra, socorrei-nos.


___________________

Fonte: Rev. Pe. Saint-Omer, CSsR., "As Mais Belas Orações de Santo Afonso de Ligório", p. 639-641. 1921.


Novena em Honra de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. (6º Dia)


Ato de Contrição


Meu Senhor Jesus Cristo, Deus e homem verdadeiro, Criador, Pai e Redentor meu! Eis a vossos pés um pobre pecador, que muito tem entristecido o vosso amante Coração. Ai amável Jesus! Como pude eu ofender-Vos e encher de amargura esse Coração que tanto me ama e que nada omitiu para conseguir que O amasse? Quão grande foi a minha ingratidão! Mas, ó Salvador meu! Consolai-Vos, consolai-Vos, dir-Vos-ei, porque agora estou arrependido: tanta dor sinto pelos desgostos que Vos tenho causado, que quereria morrer de contrição. Oh! Meu Jesus, quem me dera chorar o pecado, como Vós na vida mortal o soubestes chorar! Pesa-me na alma de Vos ter ofendido, Eterno Pai, em satisfação de minhas culpas, Vos ofereço a pena e a dor que por elas sentiu o vosso divino Filho.

Vós, oh amante Jesus! Dai-me tal horror ao pecado que para o futuro me faça evitar até as mais leves faltas. Longe de meu coração os afetos terrenos: já quero só amar ao meu bondoso Redentor. Oh! Meu Jesus, ajudai-me, fortalecei-me e perdoai-me.

Minha Mãe do Perpétuo Socorro, intercedei por mim e obtende-me o perdão dos meus pecados. Amém.

Oração Preparatória

para todos os dias

Oh! Santíssima Virgem Maria, que, para inspirar-nos uma ilimitada confiança, quisestes tomar o dulcíssimo nome de Mãe do Perpétuo Socorro, eu Vos suplico me socorrais em todo o tempo e lugar; em minhas tentações, nas minhas recaídas, dificuldades, e misérias e mais que tudo à hora da morte. Concedei-me, ó amantíssima Mãe, o pensamento e o costume de recorrer sempre a Vós; porque estou certo de que sendo eu fiel em invocar-Vos, Vós mais o sereis em socorrer-me. Obtende-me pois, esta que é a maior das graças, recorrer a Vós sem cessar e sempre com confiança de filho, a fim de que, em virtude da minha constante súplica mereça vosso perpétuo socorro e a perseverança final.

Dai-me, ó terna e cuidadosa Mãe, a vossa bênção, e rogai por mim agora e na hora de minha morte. Assim seja.

Sexto Dia

Consideração: Nossa Senhora do Perpétuo Socorro sustenta seus devotos na prática das virtudes.

Se bastasse evitar o pecado para ser todo agradável a Deus, aí findaria o ofício benigno de nossa Mãe; para isso só nos ministraria o seu perpétuo socorro. Deus, porém, não se contenta com não ser ofendido mas exige serviços positivos, nos quer perfeitos. “Sede perfeitos como o vosso Pai celestial é perfeito”. E por isso, quer que nos entreguemos à prática das virtudes cristãs. Mas quantas dificuldades não se nos deparam no caminho que leva ao monte santo da perfeição!

O bem, só por que o é, já vai contra a nossa natureza corrompida. Almas justas que vos consagrastes à prática da piedade, não o tendes experimentado? Oh, quão árido e estéril é nosso coração! Quão incapaz de produzir fruto algum digno da vida eterna se não virem fecundá-lo os caudais celestes da graça! Quando uma alma deveras quer santificar-se, renunciar a si mesma, ir de dia para dia adiantando na perfeição, ó, então, experimenta o que diz o autor da Imitação de Cristo: “A santificação não é jogo de crianças, nem trabalho de um só dia”. Então sente a necessidade de um socorro perpétuo e poderoso. Ah, e este socorro perpétuo não o temos? Porque temer? Porque retroceder antes de se nos deparar a dificuldade, se temos a favor de nossa causa a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro? Cobrai ânimo, almas generosas, vossa Mãe Vos ajudará. Não vedes que Vos apresenta o Divino Menino Jesus? E para que, senão para vos alentar na prática da virtude?

Só a lembrança de que seu rei o vê, dá valor ao guerreiro no combate. Ah, sim, quando o bem se nos torna difícil, quando estivermos já prestes a desfalecer, fixemos nossos olhos na imagem de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

A presença do adorável Menino, que um dia nos há de premiar, nos dará alento e teremos coragem para praticar as mais heroicas virtudes.

Filhos de Maria, quereríeis vós ser verdadeiramente virtuosos, mas sentis sempre em vosso interior esse fundo de amor-próprio que envenena vossas boas obras; invocai Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e para logo o vosso espírito e o seu procurarão somente o beneplácito e a glória de Deus. És alvo de contínuas contradições? Falta-te a paciência? Invoca assiduamente a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e serás manso e humilde de coração. Teu desejo é viver desprendido de qualquer apego desordenado às criaturas, mas a esse miserável coração apraz sempre a vaidade do mundo? Invoca a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e compreenderás a vaidade de quanto foi criado. O branco lírio da castidade agrada-te, queres conservá-lo a troco de qualquer trabalho? Ou tornar a adquiri-lo se por desgraça o tens perdido, invoca a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e em breve cantará de ti Aquele que se apascenta entre as açucenas: “Como o lírio entre espinhos, assim é a minha amada entre as virgens”.

A fé, a esperança, a caridade, rainhas de todas as virtudes, querem fixar em teu coração seu trono? Quem te concederá tal favor melhor que Maria, que leva na fronte a estrela da fé e a cruz que é nossa esperança e nos braços, o próprio Amor – o Divino Jesus? A ferida de uma injúria recebida não quer cicatrizar-se em teu coração? Invoca a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e ver-te-ás disposto a fazer bem a quem te fez mal. Finalmente, estás na flor da idade, preocupa-te a eleição de estado, sabes que quem não é chamado, ainda que muito se apresse, não chegará a seu destino, porque vai em caminho adverso. Oh! Grandes são os apuros de teu angustiado coração! Mas invoca Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e dar-te-á luz e fortaleza para seguires tua vocação. A quantas pessoas duvidosas sobre a eleição do seu estado tem Ela ajudado, iluminando-as para melhor conhecerem as vaidades do século, inflamando-as no amor de Deus, a ponto de abandonarem tudo e consagrarem-se ao Senhor nos votos sagrados da Religião.

Finalmente, tu que elegeste estado e queres santificar-te no século, faz-te devoto de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e o conseguirás.

Ó, quão depressa progridem na perfeição os que se consagram ao culto de Nossa Senhora. Essa tão preciosa devoção parece dar-lhes asas para se alarem ao cume da santidade; digam-no os Sacerdotes, que a tem inculcado a seus penitentes. Só no Céu se saberá quantas almas têm chegado à perfeição por este caminho tão fácil.

Dedicai-vos, desde já, almas piedosas, ao culto dessa bondosa Mãe e um dia sereis mais um resplendor da coroa, que Lhe cinge a fronte, na Bem-aventurança.

Pedido: Medite-se e peça-se aquilo que mais se deseja alcançar da valiosa proteção de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.


Gozos


Vendo que a Vós recorro

Virgem bendita e Mãe,

Vinde no seu socorro,

Vossos filhos amparai.


Virgem Imaculada

Vendo que mal nos vai

Vinde sereis louvada

Por filhos de bom Pai.


Socorro permanente

Se sois, querida Mãe,

Ouvi-nos Mãe clemente,

Os filhos consolai.


A fronte inclino e choro,

Remorso na alma vai

Aos vossos pés imploro

Perdão, Virgem, m’o alcançai.


Livrai-nos da tibieza,

Desse fervor nos dai

Que eleva com presteza

Ao Céu donde ele sai.


De padecer cansado

Neste vale, onde vai

Vos pede um desterrado,

Seu peito consolai.


Se a minha fé declina

E na tormenta vai

Estrela matutina

Vinde m’a alentai.


Se vosso fiel amante

Tremendo vês que vai

Nas ondas vacilante

Seus passos segurai.


Vós, Virgem, da fraqueza

Meu peito me livrai,

Alento e fortaleza

Vós vinde e me inspirai.


Na luta derradeira

Perto de mim estás

Clemente mui fagueira

Amante como Mãe.


Lá na prisão do fogo

Virgem me visitai,

Tira-me de lá logo

Convosco me levai.


Que cante em vida e morte

Vós, Virgem, me inspirai,

Para delícia e sorte,

Vossos louvores, Mãe.


Vinde, que a Vós recorro

Virgem bendita e Mãe,

Vinde no seu socorro,

Vossos filhos amparai.


N.B. Esta quadra deve repetir-se no fim de cada uma das precedentes.


Oração Jaculatória

Ó Mãe do Perpétuo Socorro, quero ser fiel imitador de vossas virtudes; ajudai-me em tão nobre empresa.

Obséquio

Rezar o santo rosário em honra de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, a fim de alcançar o dom de nunca desfalecer na prática da virtude.

Oração

Ó minha Mãe do Perpétuo Socorro, como é possível que, sendo Vós tão Santa, seja eu tão perverso. Hoje não venho pedir-Vos bens temporais, mas sim coisas que serão por certo mais agradáveis a vosso Coração. Vós sois sumamente humilde, alcançai-me, portanto, o amor ao desprezo. Vós que fostes pacientíssima nas penas da vida, obtende-me a paciência nas contrariedades. Vós que sempre vivestes livre de tudo o criado, alcançai-me o desapego das coisas criadas. Vós que fostes sempre pura, merecei-me uma pureza perfeita de coração. Vós que fostes cheia de amor de Deus, impetrai-me o dom deste santo e puríssimo amor. Vós que fostes toda caridade para o próximo, fazei que eu ame a meus irmãos santa e eficazmente. Vós que estivestes sempre unida à vontade de Deus, obtende-me a mesma graça, especialmente na eleição de estado e uma conformidade perfeita com todas as disposições da divina Providência. Numa palavra, ó Vós, a mais Santa das criaturas, fazei-me Santo. São estas as graças que Vos peço. Não permitais que desfaleça na prática da virtude, ó Maria, minha Mãe, amor meu, minha vida, meu refúgio, minha consolação, meu perpétuo socorro. Amém.

Exemplo

Atormentavam as penas interiores a uma senhora de Finales, a ponto de sofrer grave detrimento na sua paz e saúde. Ouvindo, em 1873, falar de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e das numerosas graças que por Ela se obtiveram, tomou várias estampas em miniatura e, de consentimento com seu pai, fez voto de ir a Roma visitar o Santuário de Nossa Senhora, se por sua intercessão conseguisse a tranquilidade de sua alma. Ouviu a Virgem a prece e apenas formulado o voto sentiu-se livre dos padecimentos interiores e juntas com a paz foram-lhe restituídas a força, o sono, o apetite, enfim, a saúde do corpo e a do espírito.

Amada, louvada, invocada e bendita sejais eternamente, ó Virgem do Perpétuo Socorro, esperança minha, meu amor, minha Mãe, refúgio meu e minha vida. Amém.


___________________

Fonte: Manual do Devoto de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, por um Padre Redentorista, pp. 414-420. 4ª Edição, Estabelecimentos Benziger & Co., S.A., Editores Tipográficos da Santa Sé Apostólica, Einsiedeln – Suíça, 1899.


Redes Sociais

Continue Acessando

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...